27/08/2017 às 05h25min - Atualizada em 27/08/2017 às 05h25min

Raízes do Campo traz shows e debates

Festival faz parte da programação da 54ª Exposição Agropecuária de Uberlândia que começa na quarta-feira

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
O ator e violeiro Jackson Antunes será o mestre de cerimônias dos shows do dia 3 no Festival Nossas Raízes / Foto: Globo Divulgação

 

Os shows da 54ª Exposição Agropecuária de Uberlândia – Camaru 2017 – começam na próxima quarta-feira (30), com grandes nomes da música nacional que se apresentam no palco do parque de exposições. E o Camaru abre espaço para um outro festival dentro da feira, o Festival Instrumental Raízes do Campo e a Mostra de Dança Minas Catira, que acontecem nos dias 2 e 3 de setembro, com entrada franca. 

No sábado, das 15h às 18h, acontece no anfiteatro do Camaru a mesa redonda “A música instrumental de viola no cenário atual”, discutida e comentada pelos artistas Arnaldo Freitas, Fernando Sodré, Marcos Violeiro, Valdir Verona e Rafael De Boni e mais o convidado Tarcísio Manuvéi, para um debate acerca dos aspectos da atuação dos violeiros instrumentistas, contratações e fomento no cenário nacional e internacional à música instrumental de viola. A mesa se destina a alunos e profissionais da música, produtores culturais e empresários do ramo. As inscrições estão abertas na produtora Viola de Nóis e podem ser feitas pelo email [email protected] br até o dia 30 de agosto. No dia do evento também será possível se inscrever.

No dia 3 de setembro, uberlandenses e uberlandinos poderão curtir o domingo em família. Durante a tarde, os grupos de catira Tradição de Minas (Uberaba/MG); Os Favoritos da Catira (Guarulhos/SP) e Raízes do Sertão (Uberlândia) estarão embalados pelo recortado da viola e ressoarão cânticos originais, enaltecendo uma tradição que já dura mais de 450 anos.

A noite será coroada com os shows dos instrumentistas Arnaldo Freitas, Fernando Sodré, Marcos Violeiro e Valdir Verona & Rafael De Boni. O ator e violeiro Jackson Antunes ocupará lugar de destaque apresentando o festival, que contará ainda na programação noturna com as apresentações dos grupos Catira dos Borges e Os Considerados; da coreógrafa e bailarina Cris Cabral; dos bailarinos Jô Cariso e Neides Prestes do Instituto JC e da Cia de Dança Balé de Rua, que prometem um espetáculo de extremo virtuosismo e beleza.

Para os shows do Camaru, a classificação dos camarotes é 18 anos. Menores de 17 podem ir acompanhados de pais ou responsáveis. Na Arena, a classificação é 16 anos. Menores até 15 anos entram com pais ou responsáveis.

Realizada pelo Sindicato Rural de Uberlândia, o Camaru é uma das maiores feiras agropecuárias de Minas Gerais. Além dos shows, tem programação técnica, rodeio e leilões que movimentam a cidade. O pontapé inicial será dado hoje com a tradicional cavalgada, a partir das 11h, com saída de cavaleiros da avenida Rondon Pacheco, ao lado do estádio Airton Borges. Com a chegada da comitiva no Camaru, acontece a Queima do Alho. O evento é um dos maiores da cidade e espera receber este ano mais de 400 mil visitantes em dez dias.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »