20/08/2017 às 05h58min - Atualizada em 20/08/2017 às 05h58min

Mercado de Pulgas tem novidades

Segunda edição da feira traz 33 expositores de itens diversos e apresentação de programa de rádio de auditório

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
Oswaldo de Souza, primeiro locutor de rádio de Uberlândia, participará do Rádio Saudade / Foto: Adreana Oliveira

 

Marisa Romano prestigiou a primeira edição do Mercado de Pulgas, realizada no Mercado Municipal de Uberlândia, em 21 de maio deste ano. Gostou e aprovou o formato do evento e hoje voltará ao espaço, na segunda edição do projeto, como expositora. “Em maio vi como funcionava e gostei do ambiente cultural, familiar e sociável e com material de qualidade”, disse ela que levará algumas porcelanas e móveis antigos. 

A edição deste domingo traz 33 expositores – na primeira foram 29 – e terá mais novidades. No início da manhã será reproduzido um programa de rádio com auditório, como nos velhos tempos, com participações de locutores e personagens da era do rádio de Uberlândia no Teatro de Bolso. Além disso, tem ainda uma apresentação da Banda Municipal.

“Quando realizamos o primeiro trabalhávamos com a perspectiva de uma segunda edição, mas confesso que correu tudo melhor do que o esperado”, diz Yone Correa, coordenadora do Espaço Cultural do Mercado Municipal.

Yone afirma que a receptividade ao projeto é ótima e por isso aumentou o número de expositores e atrações. “Contamos com um público de diferentes idades e estilos, espero que o evento continue no calendário cultural da cidade. Afinal, é uma forma de preservar a memória”.

Alguns dos expositores da primeira edição voltarão para a segunda, como Elias Martins. A exposição dele de bicicletas antigas foi um sucesso. “Levei 26 na primeira vez e agora vou levar 30 e felizmente os organizadores cuidaram do transporte”, conta ele.

A primeira bicicleta de Martins foi adquirida nos anos 70. Ele veio de São Paulo para Uberlândia com os pais e os 18 irmãos em 1974 e naquela época, para a família, era muito difícil comprar qualquer coisa e a bicicleta virou seu meio de transporte. “É assim até hoje. Não sei dirigir carro ou moto, faço tudo de bicicleta”, explica.

Com o tempo, com melhores condições de vida, ele passou a fazer do restauro de bicicletas seu hobby. Hoje, tem atualmente 110 unidades entre montadas e desmontadas. “Digo que a bicicleta é uma grande paixão e me livrou de um problema sério com a bebida”, conta o colecionador. Ele também ficou muito feliz com a repercussão da sua coleção pela cidade. “Todo mundo gostou muito e o mais importante é que cada uma dessas bicicletas carrega uma história”, afirma. E quem quiser conhecer mais basta procurar por ele hoje lá no Mercado.

Bicicletas restauradas da coleção de Elias Martins / Foto: Marco Crepaldi/Secom/PMU

 

RÁDIO SAUDADE

Aviador foi o primeiro locutor da cidade

Um dos participantes do Rádio Saudade, programa de rádio de auditório que será realizado hoje no Teatro de Bolso do Mercado Municipal e faz parte das comemorações dos 129 anos da cidade, é o senhor Oswaldo de Souza. Ele recebeu a reportagem do jornal Diário do Comércio em sua residência, no Centro de Uberlândia, onde vive desde o início dos anos 70. “Eu comprei esta casa em 1972, fiz algumas modificações e agora meus filhos estão fazendo algumas melhorias pra mim”, conta ele enquanto mostra recortes de jornais, fotos da família e um brevê de piloto internacional, sua atividade principal.

“O rádio aconteceu na minha vida por acaso. Sempre fui um bom aluno e era fluente em outros idiomas, algo que os outros candidatos à vaga não tinham”, recorda. Aos 98 anos, ele, filho de Claudemiro José de Souza, que hoje é nome de rua em Uberlândia, se lembra dos nomes dos professores do ginásio, como Mário Magalhães Porto que ele define como “brilhante”.

Viúvo, pai de quatro filhos, um falecido, Oswaldo de Souza, que além de piloto e locutor também foi fazendeiro por muitos anos, é parte da história viva da cidade a qual ele reverencia até hoje. “Foi aqui que criei meus filhos, hoje felizes, seguindo suas carreiras e vejo o crescimento dos meus netos. A memória já não é mais a mesma mas sempre que posso ajudo a divulgar o que era o rádio naquela época”, finaliza ele.

 

EXPOSITORES

Aldênio Ferreira Alves, André Faleiros, André Luiz Gomide Portilho, Antônio Carlos Borges, Arthur Celestino Soares, Assis Guimarães, Carmen Maria Tavares Finzer, Clarissa Guimarães Arany, Cláudio Emiliano de Faria, Denise Pereira Dagagny, Divino Umberto de Rezende, Donizete Cardoso de Mendonça, Donizete Tavares Rosa, Eduardo Ramos, Elias Martins, Fabiano Ferfoglia Ribeiro, Fernando Marazzi Barcelos, Flávio Lúcio Goes, Francisco Carlos de M. Salles, Gaspar Batista de Souza, George Thomas, Gilson Cristovam Pacheco, Heron José Mendanha R. de Lima, João Donato, Joelma da Silva Pereira, José Roberto Ferreira Montes, Kleber Moreira Alves, Leonardo Fonseca Figueiredo, Luiz Márcio Vital, Mariza Alina Romano, Roberto Rosário, Silvana Cabral Domingues e Wilson Pinheiro.

 

SERVIÇO

O QUE: Mercado de Pulgas – 2ª edição + Rádio Saudade

QUEM: Expositores diversos

QUANDO: hoje, das 9h às 10h30 (Rádio Saudade no Teatro de Bolso), 11h apresentação da Banda Municipal e das 10h às 16h Mercado de Pulgas na área externa

ONDE: Mercado Municipal de Uberlândia (Rua Olegário Maciel, 255, Centro) .

CLASSIFICAÇÃO: livre

ENTRADA FRANCA

INFORMAÇÕES: 3235-7790


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »