19/08/2017 às 05h40min - Atualizada em 19/08/2017 às 05h40min

Patricya Travassos fala de bem-estar

Atriz, escritora, compositora, diretora e palestrante, ela fala sobre a importância de se conhecer melhor

ADREANA OLIVEIRA | EDITORA
A atriz Patricya Travassos vem a Uberlândia na próxima quinta-feira, onde apresenta a palestra “Qualidade de Ser”

 

Patrycia Travassos afirma que nunca teve um único propósito na vida. Desde muito nova, quando começou no teatro, destacou-se como atriz, se entregou a diversas possibilidades artísticas que surgiram. Uma dessas facetas os uberlandenses poderão conferir ao vivo na próxima semana. A atriz carioca vem pela primeira vez a Uberlândia e vai proferir a palestra “Qualidade de Ser” no dia 24, no Center Convention. Toda a renda dos ingressos vai para projetos da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) de Uberlândia.

“Não conheço Uberlândia, mas ouvi dos meus amigos atores maravilhas sobre o público de teatro daí”, comenta a atriz, em entrevista ao jornal Diário do Comércio.

Patricya sempre teve interesses múltiplos. “Desde criança eu sabia que seria atriz e fui descobrindo outros interesses pelo caminho”, afirma ela, que começou atuar nos anos 70 na Asdrúbal Trouxe o Trombone, companhia de teatro que revelou nomes como Regina Casé, Luís Fernando Guimarães e Evandro Mesquita, entre outros. “Na Asdrúbal todo mundo fazia um pouco de tudo. Os atores montavam o cenário, criavam os espetáculos, se envolviam com produção e figurinos...comecei em uma grande escola”, recorda.

A atriz ficou sete anos na Asdrúbal e nos anos 80 descobriu o lado compositora. “Estava namorando o Evandro (Mesquita) na época, então comecei a dirigir os shows da Blitz, fiz algumas letras com ele. E foi isso que me levou para a Globo algum tempo depois”, disse Patricya Travassos. Ela criou a série “Armação Ilimitada”, um sucesso nos anos 80.

“De lá fui para o ‘TV Pirata’ e depois atuei em novelas, mas nunca foi algo uniforme, muito linear”, explica.

O lado palestrante veio depois de atuar por 14 anos como apresentadora do programa “Alternativa Saúde”, que foi exibido no canal Pago GNT. “As coisas foram acontecendo e me levando a lugares em que eu gostava de ficar. Aprendi muito com meus entrevistados do programa, li e estudei sobre vários assuntos e quando me pediram para montar uma palestra fiquei um pouco receosa, mas resolvi montar algo.”

Patricya Travassos é taurina, tem os pés no chão, é apaixonada pelo trabalho e batalhadora, e graças ao ascendente em gêmeos ela brinca que prefere ter “várias lojinhas a uma loja grande”.  “Não sou médica, sou uma entrevistadora e, por isso, preparei esta palestra sobre uma percepção que tenho há tempos sobre a necessidade de se conhecer para ser mais feliz, ainda mais nesse mundo louco”, disse a atriz.

Patricya faz uma palestra dinâmica, para a família. “Divido o que aprendi sobre cada um poder se ajudar e viver em paz e com felicidade a partir do autoconhecimento. Reescrevi trechos dela, fiz algumas adaptações depois que recebi o carinhoso convite da AACD, que vou conhecer logo que chegar a Uberlândia”, disse.

A atriz promete boas ilustrações para falar sobre como saber controlar as emoções. “A partir do momento em que você se conhece melhor a chance de sua vida entrar nos trilhos é maior”, disse.

A atriz está em processo de produção da peça de teatro “Aérea”, que estreia em setembro. “Estou gostando cada vez mais de escrever e hoje em dia tem tantas formas legais de se levar um bom conteúdo para o espectador seja pela TV aberta, fechada ou internet”, afirma.

Aos 64 anos, Patricya Travassos é uma pessoa de bem com a vida. Escreveu os livros “Alternativas de A a Z”, que apresenta pesquisa com diversas vertentes dos conhecimentos alternativos, “Esse sexo é feminino” e “Monstra”, coletânea de crônicas, além de ter sido colunista da revista “Marie Claire”.

“Qualidade de Ser” em Uberlândia é uma iniciativa da Universidade Anhanguera com a AACD.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »