06/05/2022 às 08h00min - Atualizada em 06/05/2022 às 08h00min

São Paschoal disputa JEMG

ALBERTO GOMIDE
Os Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) voltaram a ser realizados, após o longo período de pandemia do Covid-19. A exemplo de anos anteriores, o Colégio São Paschoal (foto) participa da competição este ano, com a equipe de handebol feminino (Módulo-I), categoria 12 a 14 anos, nascidas em 2008, 2009 e 2010. Na etapa Municipal a equipe uberlandense foi campeã, sob o comando do técnico Célio Silva. Como não teve adversários na etapa Microrregional, por falta de número de equipes, o São Paschoal já está classificado para a etapa Regional, onde vai lutar para chegar à etapa Estadual. Para o professor Célio Silva, cada etapa é uma decisão, e, como já passamos por duas delas, o trabalho agora é intensificar ainda mais, para conseguir classificação para a fase final, que é a etapa Estadual. “Como o campeão Estadual de cada categoria vai para os Jogos Escolares Brasileiros (JEBs), a meta do São Paschoal é chegar lá”, disse o treinador.

COPA DA AMIZADE
PARA ATÉ JULHO


A Copa da Amizade de Futebol Veterano vai ficar parada por um bom período, após ter encerrado sua primeira fase, quando teve 16 equipes em duas chaves, jogando chave contra chave, em turno único, para fazer uma classificação geral. Agora o campeonato vai ficar parado até o mês de julho, devido ao início da Copa Futel de Futebol Veterano, que tem idade semelhante de jogadores, e a maioria dos jogadores estão nas duas competições. O campeonato é dirigido por uma Comissão Organizadora, que tem Alan Kardec José Martins Rezende como presidente, e Ricardo Alberto Gouveia como diretor técnico.

Assim, após a Copa Futel, a Copa da Amizade reinicia na sua segunda etapa, que terá as mesmas 16 equipes, só que as 8 melhores colocadas na Série A e as demais na Série B, fazendo assim campeonatos distintos. Na segunda fase os times vão jogar entre si nas respectivas séries, em turno único, para classificar os quatro semifinalistas. As equipes levam nomes de bairros da cidade, conforme determina o regulamento.
A classificação da fase preliminar ficou da seguinte maneira: Jaraguá com 22 pontos, Minas Gerais com 21, Copacabana e Bandeirantes com 18, Tocantins com 15, Segismundo Pereira e Umuarama com 14, e o Ipanema com 13 (Série A); Canaã com 12, São Jorge e Luizote de Freitas com 8, Saraiva com 7, Jardim Vica com 5, Jardim Holanda com 4, Carajás e Jardim Europa com 1 ponto (Série B).

O campeonato, conforme regulamento, é feito para jogadores nascidos em 1972 (50 anos), sendo obrigatória a participação de três nascidos em 1967 (55 anos) e dois nascidos em 1973 (49 anos – facultativo). Com relação a primeira fase, foram 64 jogos, 245 gols, 171 cartões amarelos e 379 jogadores inscritos. Os principais artilheiros são Adilson Lima (Minas Gerais) com 12 gols, e Wellington Silva (Tocantins) com 11 gols.

CORRIDA DO 
TRABALHADOR 


Cerca de 500 pessoas participaram da Corrida do Trabalhador no último domingo (1º), no Parque do Sabiá. A prova, promovida pela Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) pela primeira vez desde o início da pandemia, contou com percurso de 5 km. A competição premiou os cinco primeiros colocados nas categorias geral masculino e geral feminino com troféus, além dos três primeiros colocados nas demais categorias (divididos em faixas etárias que vão dos 14 até mais de 70 anos) com medalhas. 

O atleta da equipe Futel/Praia Clube, Marco Túlio Silva, de apenas 18 anos, venceu na modalidade masculina e teve o tempo de 16 minutos, o melhor tempo de toda a competição, enquanto Patrícia Nascimento, com o tempo de 19 minutos e 46 segundos, foi a vencedora entre as mulheres. 

Os primeiros no masculino foram: 1º Marco Túlio Silva – 16:00:29; 2º Guilherme Ferreira – 16:04:55; 3º Arthur Gontijo – 16:33:08; 4º Anário Queiroz – 17:14:66; 5º Romário dos Santos – 17:23:03. No feminino foram: 1ª Patrícia Nascimento – 19:46:60; 2ª Patrícia Ferreira – 21:39:99; 3ª Carolina Zanotto – 22:45:89; 4ª Mara Lúcia Rezende – 22:52:01; 5ª Renata Melo – 22:57:72. 


*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Leia Também »
Comentários »