26/06/2017 às 17h57min - Atualizada em 26/06/2017 às 17h57min

Vila Real é campeão varzeano

ALBERTO GOMIDE | COLUNISTA

 

Encerrou-se anteontem, no Sabiazinho, a 7ª edição da Copa Uberlândia de Futebol de Várzea, promovida por Sandro Batista da Silva. Participaram 20 equipes, que disputaram 56 jogos e marcaram 249 gols, média de 4,4 por partida. Foram aplicados 287 cartões amarelos, média de 5,1, e 18 cartões vermelhos, média de 0,32. A rodada dupla começou com o jogo entre União Noroeste e Nápoli Buri, pelo 3º lugar, e teve vitória do União por 4 a 1, gols de Camilo, Leone, Orlando e Elber, enquanto Erikson marcou para o Nápoli. A decisão aconteceu entre Vila Real e Clube Atlético Maria Rezende, que terminaram o confronto sem marcar gols, levando a decisão do titulo para a cobrança de penalidades. O Vila Real (foto) aproveitou melhor as cobranças e venceu por 4 a 3, sagrando-se campeão. Além das equipes melhores classificadas ao final da competição, foram também premiados: o artilheiro Willaro Coelho Guimarães (Ideal) com 8 gols; o goleiro menos vazado Denner Gonçalves Pereira (União), com 7 gols sofridos; o Vila Real ficou com a Taça Disciplina e a torcida mais animada, e o árbitro Ismael Marques Júnior (assistente). O Vila Real foi campeão invicto, com 4 vitórias e 5 empates, 17 pontos ganhos (não conta vitória em prorrogação ou cobrança de penalidades). Durante a premiação, o coordenador Sandro Silva enalteceu a participação de todas as equipes, “que fizeram um excelente campeonato”, no nível técnico, com bons jogos, e uma grande final, além de atender a proposta de promover a integração entre os participantes.

 

Santa Clara sai na frente na final

Foi disputada sábado a primeira partida da decisão do campeonato de futebol soçaite do Praia Clube, entre as equipes do Hospital Santa Clara/Innova Óptica e Leondoor Painéis, com vitória de 4 a 1 do Santa Clara, que faz o segundo jogo, no próximo sábado, precisando apenas de um empate. O Santa Clara fez vantagem de 2 a 0 logo no começo do jogo, aproveitando uma falha de Parruda, tocando mal a bola em uma jogada, e logo depois o goleiro cometeu penalidade, cobrada e convertida por Mairon César. O Leondoor tentou se recuperar e esboçar uma reação, chegando a criar algumas poucas oportunidades, mas, ao final, prevaleceu a superioridade do adversário. Já foram disputadas 65 partidas e marcados 483 gols, média de 7,43 por jogo, envolvendo mais de 400 atletas e dirigentes das 19 equipes. O Santa Clara tem a melhor defesa (15 gols, média de 1,36), com os goleiros Flaviano Henrique Lage, Rogério Alves Diniz e Francisco Carlos da Silva, e tem ainda o artilheiro Mairon César Silva Cardoso, com 15 gols.

 

Uberlândia e Itumbiara decidem truco

A segunda rodada das semifinais do campeonato da Liga Nacional de Truco, realizada anteontem, definiu as duas equipes que vão fazer a decisão do titulo. O Juventude de Uberaba, que esteve na ponta desde o começo do campeonato, foi eliminado pela também boa equipe do Itumbiara. Foram duas vitórias do time goiano, por 22 a 18 e 22 a 19. Na outra série, o Paineira de Uberlândia também cravou duas vitórias sobre o Internacional de Araguari, por 22 a 18 e 22 a 19. Assim, das seis equipes de Uberlândia, o Paineira chegou à final, e vai representar a cidade contra o Itumbiara. A Taça de Prata também definiu os finalistas. O Ypiranga de Uberlândia eliminou o Campina Verde fazendo 22 a 14 e 22 a 16. O Carta Branca de Monte Carmelo eliminou o Independente de Uberaba, na volta das sete mesas, vencendo por 4 a 2. Nos dois jogos, o Carta Branca venceu a primeira por 22 a 19 e perdeu a segunda por 22 a 17, classificando-se nas quedas extras. Uberlândia estará nas duas decisões, uma vez que o Ypiranga vai decidir a Taça de Prata. As finais serão nos dias 9 e 16 de julho, todos os jogos em Uberlândia. A primeira rodada será no Camaru e a segunda será ainda marcada pela Liga, mas também em Uberlândia.

Relacionadas »
Comentários »