03/08/2021 às 09h00min - Atualizada em 03/08/2021 às 09h00min

Derrota complica ainda mais o Praia

ALBERTO GOMIDE
Foto: DIVULGAÇÃO
Com a derrota de 4 a 2 para o Foz Cataratas, na sexta-feira, no Ginásio Ministro Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu (foto), o Praia Clube se complicou ainda mais na Liga Nacional de Futsal. O jogo teve momentos tensos, inclusive com expulsões de Romarinho e Caique, do Praia. Faltando duas partidas para o fim da primeira fase, a equipe uberlandense está praticamente sem chances de se classificar entre os cinco da chave. O Praia tem 12 pontos, nas últimas colocações do Grupo C. Os cinco melhores da chave avançam às oitavas de final. A LNF conta com três grupos e o sexto melhor colocado geral também passa de fase.

A LNF promoveu algumas mudanças nas rodadas restantes desta fase preliminar do campeonato. O Praia Clube, que jogaria as duas partidas, contra Minas e Tubarão, em casa, nos dias 5 e 9 deste mês, teve os jogos transferidos para outras datas. Contra o Minas será no dia 7, próximo sábado, 14h, na Arena Praia, e o jogo contra o Tubarão, também na Arena Praia, vai acontecer no dia 10 de outubro. Assim, o Praia enfrenta o Minas neste sábado e depois vai ficar apenas treinando por aproximadamente dois meses, para encerrar a etapa só no dia 10 de outubro. O Praia precisa somar pontos nestes dois jogos em casa para ter chances de se classificar como o sexto melhor colocado.
 
UEC PERDE O JOGO E VICE-LIDERANÇA
Mesmo sendo superior, principalmente no primeiro tempo, o Uberlândia Esporte foi derrotado no domingo, em Venda Nova do Imigrante (ES), no Estádio Olimpio Perim, pelo Rio Branco, por 1 a 0, gol de pênalti cometido pelo goleiro Rafael Roballo, cobrado e convertido por Gustavo Tonoli, no segundo tempo. No finalzinho do jogo, já nos acréscimos, o UEC perdeu a maior chance de evitar a derrota, quando Daniel Costa cobrou penalidade, que foi defendida pelo goleiro Giovani Perim. Com a derrota, o Uberlândia perdeu a vice-liderança para a Caldense, que goleou o Águia Negra de Rio Brilhante (MS) por 6 a 0. Nos outros jogos, o Boa Esporte empatou em 1 a 1 com o Rio Branco de Vitória, e o Patrocinense perdeu em casa de 2 a 0, para a Ferroviária de Araraquara.

A classificação mostra a Ferroviária absoluta na liderança com 22 pontos, a Caldense em segundo lugar com 17, o Uberlândia permanece com os 15 pontos, Boa Esporte e Rio Branco-VN com 13, Rio Branco-V com 9, Águia Negra com 5 e o Patrocinense com 3 pontos. O técnico Chiquinho Lima comandou o Verdão com Rafael Roballo; Kellyton, Juan Sosa, Bruno Maia e Mateus Mendes (Elivelton); Maicon Souza (Franco), Nailson (Alípio) e Matheus Paquetá (Vandinho); Felipe Pará (Daniel Costa), Ingro e Daniel Ribeiro.

Com a vitória, o Rio Branco-VN chega aos mesmos 13 pontos do quarto colocado Boa Esporte, e vai encostando na briga por uma das quatro vagas. A Série D do Campeonato Brasileiro – Grupo A6 prossegue no próximo final de semana com os jogos da 10ª rodada da primeira fase. No sábado, às 16h, o Uberlândia recebe o Boa Esporte, no Estádio Parque do Sabiá. A rodada terá ainda: Águia Negra x Ferroviária, Caldense x Patrocinense e Rio Branco-VN x Rio Branco-V.
 
SEGUNDA DIVISÃO MOSTRA EQUILÍBRIO
Com seis rodadas e 36 partidas realizadas, o Campeonato Mineiro da Segunda Divisão – Módulo-II não teve ainda nenhuma goleada, só resultados apertados. Na rodada do último final de semana a média foi de dois gols por partida – 12 gols em seis jogos. Como ficou: Betim 1x1 Democrata-GV, Aymorés de Ubá 0x2 Guarani de Divinópolis, União Luziense 2x0 Tupi-JF, Ipatinga 1x0 Democrata-SL, Nacional de Muriaé 1x1 Villa Nova e Serranense 0x3 Tupynambás. Classificação: Nacional com 12 pontos, Villa Nova e Tupynambás com 11, Guarani com 10, Betim e Democrata-GV com 9, União Luziense, Tupi e Serranense com 7, Democrata-SL e Ipatinga com 5, Aymorés com 3 pontos. Próxima rodada, sábado e domingo: Tupynambás x União Luziense, Democrata-GV x Serranense, Tupi x Betim, Democrata-SL x Nacional, Guarani x Ipatinga e Villa Nova x Aymorés. Ao final desta fase, a Federação publicará a classificação geral, que será observada para definição e confronto dos quatro clubes no quadrangular final, além do rebaixamento de dois clubes para o Campeonato Mineiro de 2022 Módulo-III – Terceira Divisão.



Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.




 
 
Relacionadas »
Comentários »