05/06/2021 às 09h00min - Atualizada em 05/06/2021 às 09h00min

UEC começa na série D, sábado

ALBERTO GOMIDE
Foto: DIVULGAÇÃO
A Seletiva da natação paralímpica brasileira, que tem como objetivo definir quais os nadadores preencherão as vagas da modalidade para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, acontece esta semana, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, com 58 nadadores.

Para a natação paralímpica, o Brasil possui 35 vagas para os Jogos de Tóquio 2020. Pelos critérios do (CPB), os campeões mundiais de 2019 Edênia Garcia (S3), Wendell Belarmino (S11), Carol Santiago (S12) e Daniel Dias (S5) já estão confirmados nos Jogos de Tóquio.

Por fim, todas as provas que compõem o programa da natação nos Jogos Paralímpicos acontecerão nesta Seletiva: 50m, 100m, 200m e 400m livres, 50m e 100m costas, 50m e 100m borboleta, 50m e 100m peito, 150m e 200m medley.

Depois da participação no Campeonato Europeu, realizado em Portugal, os atletas da equipe paralímpica do Praia Clube de Uberlândia viajaram otimistas para a competição mais importante da carreira no momento.

Os uberlandenses do Praia Clube (foto) que estão na Seletiva e as provas que cada um vai nadar, são os seguintes:

Guilherme Batista da Silva (S13, SB13, SM13) 100m livre, 50m livre, 100m peito;
João Pedro Brutos (S14) 100m livre, 100m peito;
Gabriel Bandeira (S14) 100m livre, 100m costas, 100m peito, 100m borboleta;
Gabriel Alves Tomelin (S10, SB9, SM10) 400m livre, 100m costas;
Gabriel Melone de Oliveira (S6, SB5, SM6) 100m livre, 50m livre, 50m borboleta;
Laila Suzigan Garcia (S6, SB5, SM6) 50m livre, 400m livre;
Pâmela Cristina Cruz de Andrade (SM7, SB6, S7) 400m livre, 200m medley, 100m costas, 100m peito;
Ruan Felipe Lima de Souza (SM10, SB9, S10) 100m livre, 400m livre, 100m peito;
Vanilton Antônio do Nascimento Filho (SM4, SB3, S4) 100m livre, 50m livre, 100m borboleta.

UM SONHO PARA O CENTENÁRIO

A primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D 2021, que começa neste final de semana, terá 64 clubes, divididos em oito grupos com oito times cada. Dentro de cada chave, todos se enfrentam em turno e returno, totalizando 14 jogos cada time. Os quatro melhores classificados em cada grupo avançam para o mata-mata, que começa com 32 equipes na segunda fase. Em confrontos eliminatórios com partidas de ida e volta, o chaveamento segue até a grande final, que está marcada para os dias 7 e 14 de novembro.

Para completar o número de participantes (64), para ficar todos os grupos com oito equipes, a CBF promoveu uma fase preliminar, definindo estas novas equipes. Inclusive na chave do Uberlândia Esporte, entrou o Rio Branco Atlético Clube, de Vitória (ES), que joga dia 12 no contra o UEC, no Estádio Parque do Sabiá.

A verdade é que, definidos todos os participantes com a decisão da fase preliminar, os grupos ficaram assim:

Grupo A-01 - Peñarol/AM, Fast Clube/AM, Ypiranga/AP, Castanhal/PA, Galvez/AC, Atlético/AC, São Raimundo/RR e GAS/PR. 
Grupo A-02 - Imperatriz/MA, Palmas/TO, Guarany/CE, Paragominas/PA, Juventude/MA, 4 de Julho/PI, Moto Club/MA e Tocantinópolis/TO. 
Grupo A-03 - Treze/PB, ABC/RN, América/RN, Salgueiro/PE, Sousa/PB, Atlético/CE, Caucaia/CE e Campinense/PB.
Grupo A-04 - Bahia de Feira/BA, Sergipe/SE, Itabaiana/SE, Juazeirense/BA, Retrô/PE, Murici/AL, ASA/AL e Atlético/BA.
Grupo A-05 - União Rondonópolis/MT, Porto Velho/RO, Jaraguá/GO, Gama/DF, Goianésia/GO, Aparecidense/GO, Nova Mutum/MT e Brasiliense/DF. 
Grupo A-06 - Uberlândia/MG, Patrocinense/MG, Caldense/MG, Boa Esporte/MG, Águia Negra/MS, Ferroviária/SP, Rio Branco-VN de Venda Nova do Imigrante/ES e Rio Branco de Vitória/ES. 
Grupo A-07 - Bangú/RJ, Santo André/SP, Portuguêsa Santista/SP, Cianorte/PR, Boavista/RJ, São Bento/SP, Inter de Limeira/SP e Madureira/RJ.
Grupo A-08 - Aimoré/RS, Marcílio Dias/SC, Rio Branco/PR, Esportivo/RS, Cascavel/PR, Joinville/SC, Juventus/SC e Caxias/RS.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) realiza anualmente o Campeonato Brasileiro em quatro divisões, somando mais de 100 clubes. São 20 em cada uma das Séries A, B e C, e 64 na D. O futebol mineiro tem oito clubes nas competições. Em 2021, são Atlético e América (A), Cruzeiro (B), Tombense ©, e na D estão o Uberlândia Esporte, Caldense, Boa Esporte e o Patrocinense. O UEC tem como meta chegar entre os quatro, para garantir vaga em 2022, ano de seu centenário. Uma proposta, um sonho, uma vontade. Vai começar a luta, na busca pelo objetivo. A partir da segunda fase, a Série D passa a ser no sistema mata-mata, o que quer dizer que cada jogo será uma decisão. Uma competição realmente muito difícil...


Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.
Relacionadas »
Comentários »