08/01/2021 às 08h00min - Atualizada em 08/01/2021 às 08h00min

Vôlei masculino retoma disputa

ALBERTO GOMIDE

A Superliga de Vôlei Masculino também recomeça as disputas do campeonato após uma rápida paralização para Natal e Ano-Novo. A competição da divisão especial do vôlei nacional tem participação de 12 equipes, jogando entre si em dois turnos na fase preliminar, para classificar 8 para os playoffs.

Já foram disputadas 12 rodadas, com alguns jogos que foram adiados. Os melhores colocados são o Sada/Cruzeiro, com 34 pontos em 12 jogos, 11 vitórias e 1 derrota; EMS Taubaté Funvic, com 33 pontos, 11 vitórias e 1 derrota; e o Vôlei Renata, com 29 pontos, 10 vitórias e 2 derrotas. A derrota do Cruzeiro foi de 3x2 para o Minas Tênis, e a do Taubaté foi de 3x1 para o Cruzeiro. A Academia do Vôlei Uberlândia (Azulim/Gabarito) também disputou 12 partidas, soma 15 pontos, com 5 vitórias e 7 derrotas. A equipe uberlandense começa 2021 na competição neste sábado (9), às 19h30, na Arena Sabiazinho, contra o Apan/Eleva/Blumenau (SC), pela 13ª rodada, ou 2ª do returno.
 
LUF ESTÁ PRONTA PARA A TEMPORADA
O futebol amador de Uberlândia vive um momento de expectativa. Com 77 anos de existência, a Liga Uberlandense de Futebol (LUF), fundada em 1943, não realizou o campeonato apenas três vezes. Em 1946 e 1947, e em 2020, devido a pandemia. A proposta este ano é realizar os tradicionais torneios, principalmente o Campeonato Amador, carro-chefe da Liga.

A programação está pronta, feita ainda no ano passado, com expectativa da pandemia entrar em 2021 com números bem favoráveis. Mas não é o que está acontecendo, inclusive, mundo afora. A situação é muito delicada e a tendência é agravar mais neste mês de janeiro, devido à falta de compromisso de grande parte da sociedade com a delicada situação, durante as comemorações de fim de ano. Quanto ao futebol, a LUF está pronta. Quanto aos clubes, a situação coloca dúvida. Montar equipe sem ter certeza do que vem pela frente é assumir compromissos que poderão causar sérios prejuízos mais adiante. No entanto, o Amador está marcado para começar em junho, com mais tempo para que a situação esteja controlada. A maior dúvida recai sobre os campeonatos que devem começar em março, como Juvenil e Júnior, por exemplo.
 
FMFS REALIZOU SÓ O METROPOLITANO
A Federação Mineira de Futsal (FMFS) conseguiu realizar somente alguns campeonatos que, costumeiramente, promove todo ano. E só teve condição de realizar o Metropolitano, apenas na capital, não havendo a necessidade de viagens. No Interior, nenhum dos vários campeonatos foi realizado em 2020.

O Metropolitano Sub-17 aconteceu entre as equipes do Olympico Club, Minas Tênis, Athletic Club de São João del Rei, Minas Tênis Náutico, Prefeitura de Itabira e Bom Pastor de Juiz de Fora, que, inclusive estão na ordem da classificação geral e final. Na categoria principal/adulto, o campeonato teve apenas Minas Tênis, América, Prefeitura de Itabira e Soc. Esp. Gouveia de Teófilo Otoni, também já na ordem de classificação final.

A outra competição foi o Metropolitano Sub-13, com Minas Tênis, Minas Tênis Náutico, Olympico Club Azul e Olympico Club Vermelho. Segundo o presidente José Raimundo de Carvalho, a meta é fazer, em 2021, uma temporada para recuperar o tempo perdido. “Temos várias competições, começando com o Interior e o Metropolitano, que são classificatórios para os estaduais em todas as categorias e, ainda, o Feminino”, acrescentou. A administração da Federação retornou esta semana com atendimento presencial, exatamente para receber os clubes que procuram a entidade para legalizar toda a situação, inclusive, inscrição de jogadores.

*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.

Tags »
Relacionadas »
Comentários »