22/09/2020 às 08h30min - Atualizada em 22/09/2020 às 08h30min

FMF retorna com o Mineiro do Módulo II

ALBERTO GOMIDE
CAP Uberlândia acredita em recuperação na volta do campeonato | Foto: Divulgação
A Federação Mineira de Futebol, conforme reunião com os clubes, continua na preparação de todos os detalhes para recomeçar o Campeonato Mineiro 2020 – Módulo II, que foi paralisado com a chegada do coronavírus. Na reunião extraordinária, além das exigências a serem cumpridas durante os jogos, constou também da pauta a data de reinício e possíveis alterações no regulamento.
Os clubes optaram pela retomada dos jogos a partir do dia 10 de outubro. Como a fase preliminar foi suspensa com 6 rodadas realizadas, restam 5 para fechar a primeira fase, que é classificatória para a etapa decisiva. Essas rodadas foram marcadas inicialmente para os dias 10, 17, 21, 24 e 31 de outubro, definindo aí os quatro times para o quadrangular final.

Na fase inicial os 12 clubes jogam todos contra todos em turno único. Já o quadrangular final será em jogos de ida e volta, em 6 rodadas, saindo daí o campeão e o vice, que sobem para a Divisão Especial do Campeonato Mineiro em 2021, enquanto os dois últimos colocados caem para a divisão anterior, chamada de Segunda Divisão, mas que, na verdade, é uma terceira divisão, uma vez que o chamado Módulo II é simplesmente uma Segunda Divisão. A fase final foi marcada para os dias 07, 11,14, 18, 21 e 28 de novembro.

Ficou acertado também a inscrição de novos atletas até o último dia anterior ao primeiro jogo do quadrangular decisivo, respeitando-se todas as regras previstas anteriormente (limite de 30 jogadores por clube, 7 jogadores acima dos 24 anos de idade).

A Federação fez observar nas exigências, desde o início da competição, o problema campo. Os clubes poderão indicar estádios alternativos para mandar seus jogos, desde que o local indicado esteja apto a receber jogos e não caracterize inversão de mando de campo. Considera-se como local de mando de campo, a princípio, o estádio indicado formalmente pelos clubes no Conselho Técnico, a saber:

I – Athletic Club: Estádio Joaquim Portugal (São João del Rei); II – Betim Futebol: Arena Vera Cruz (Betim); III – Clube Atlético Portal (CAP): Estádio Parque do Sabiá (Uberlândia); IV – Clube Atlético Serranense: Arena do Calçado Saborella (Nova Serrana); V – Democrata Futebol Clube: Estádio Joaquim Henrique Nogueira (Sete Lagoas); VI – Esporte Clube Democrata: Estádio José Mammoud Abbas (Governador Valadares); VII – Esporte Clube Mamoré: Estádio Bernardo Rubinger de Queiroz (Patos de Minas); VIII – Guarani Esporte Clube: Estádio Waldemar Teixeira de Farias (Divinópolis); IX – Ipatinga Futebol Clube: Estádio João Lamego Neto (Ipatinga); X – Nacional Atlético Clube: Estádio Soares de Azevedo (Muriaé); XI – Pouso Alegre Futebol Clube: Estádio Irmão Gino Maria Rossi (Pouso Alegre); XII – Tupi Foot Ball Club: Estádio Municipal Radialista Mário Helênio (Juiz de Fora).

Quando o campeonato foi paralisado, a classificação geral nas seis rodadas disputadas estava assim: Pouso Alegre com 16 pontos, líder invicto, Nacional de Muriaé com 11, Athletic Club e Guarani de Divinópolis com 10, Democrata de Sete Lagoas com 9, Ipatinga e Democrata de Valadares com 8, Betim com 7, Tupi com 6, Serranense com 5, CAP Uberlândia com 4 e o Mamoré de Patos de Minas com 3 pontos.

O campeonato recomeça no dia 10 com a 7ª rodada, com estas partidas: Betim x Nacional de Muriaé, Ipatinga x Democrata de Sete Lagoas, Clube Atlético Portal de Uberlândia x Athletic de São João del Rei, Serranense x Guarani de Divinópolis (no sábado); Tupi de Juiz de Fora x Democrata de Governador Valadares e o líder Pouso Alegre x Mamoré de Patos de Minas.


*Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.


 
Relacionadas »
Comentários »