25/07/2020 às 15h06min - Atualizada em 25/07/2020 às 15h06min

Jhonas Rodrigues Silva

ADRIANO SANTOS
Jhonas era psicólogo, psicólogo esportivo, deixou uma semente de amizade e admiração por onde passou.

Fez no Catigua Tênis Clube, ao lado do professor Hygor história, conquistar títulos e participações em campeonatos a nível nacional.


Em 2018, foi a vez do Uberlândia Futsal experimentar sua performance. Foram dois títulos: Uberlândia Futsal bateu o Praia Clube de virada em casa, e empatou com atual campeão Sub-13 o Catigua, conquistando no mesmo ano o bicampeonato pela nossa cidade.

Em 2018, a relação de Jhonas elevou o patamar do Uberlândia Futsal e do Uberlândia Academy no campo. Nesse mesmo ano, o Uberlândia Academy ganhou dois títulos regionais no campo dentro do Airton Borges, veio o vice-campeonato Estadual do sub-13 e inúmeros atletas em atividades no ano tiveram chances de alçar voos em clubes de grande expressão no País.

Jhonas era o psicólogo fiel ao grupo, amigo das horas mais sombrias dos ansiosos, construiu uma relação de confiança entre vaidades, amadureceu os arrojados, construiu, elevou, consagrou 2018 no melhor ano das duas entidades.

Jhonas se misturava com os atletas, chorava nas horas de choro, era parte de um processo que contou com atletas empenhados e sonhos estridentes.

Jhonas atendia em grupo, individual, pelo telefone, mas atendia, não deixou nada passar em branco. Foi homenageado pela Câmara Municipal de Uberlândia, é unanimidade dos atletas e dos Pais.

A Lista do Oswaldo Montenegro resume a luz, gratidão e amizade. Amigo que será lembrado, preservado na mente, que não nos fez desistir. Nus ajudou em respostas, nos ajudou em perguntas. Mas foi amigo.
 
“Faça uma lista de grandes amigos,
quem você mais via há dez anos atrás...
Quantos você ainda vê todo dia ?
Quantos você já não encontra mais?
Faça uma lista dos sonhos que tinha...
Quantos você desistiu de sonhar?
Quantos amores jurados pra sempre...
Quantos você conseguiu preservar?
Onde você ainda se reconhece,
na foto passada ou no espelho de agora?
Hoje é do jeito que achou que seria?
Quantos amigos você jogou fora...
Quantos mistérios que você sondava,
quantos você conseguiu entender?
Quantos defeitos sanados com o tempo,
era o melhor que havia em você?
Quantas mentiras você condenava,
quantas você teve que cometer ?
Quantas canções que você não cantava,
hoje assobia pra sobreviver ...
Quantos segredos que você guardava,
hoje são bobos ninguém quer saber ...
Quantas pessoas que você amava,
hoje acredita que amam você?”
 
O Futebol, esporte, perdeu uma estrela do show.

Meus sentimentos, amigo, o Futsal de Uberlândia, o Futsal de Minas lhe agradece.



Este conteúdo é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.



 
Relacionadas »
Comentários »