03/03/2020 às 08h15min - Atualizada em 03/03/2020 às 08h15min

Cobrança de pênalti foi irresponsável

ALBERTO GOMIDE

O Uberlândia Esporte Clube poderia ter saido do Mineirão com um excelente resultado (um empate), anteontem, quando fez um bom jogo contra o Cruzeiro. O time teve postura e jogou bem. Sofreu o primeiro gol, não se intimidou e conseguiu o empate. Depois o Cruzeiro fez 2 a 1 já nos minutos finais. E mesmo assim o UEC foi pra cima e sofreu uma penalidade máxima. Não dava tempo para mais nada. Era cobrar bem, com vontade, empatar em 2 a 2 e voltar com um bom e merecido empate. Mas tudo que o grupo fez na partida, todo o empenho, bom futebol e determinação, foi jogado por água abaixo, quando Diego Peixoto foi cobrar a penalidade, e o fez com irresponsabilidade, tentanto fazer jogada bonita, de efeito, e praticamente devolveu a bola para o goleiro Fábio. Poderia sim não sair o gol de empate, mas nunca ser cobrado daquela maneira. A atitude do jogador, a maneira como ele cobrou a penalidade prejudicou todo o trabalho desenvolvido ao longo de vários dias para colocar o time em condições de encarar o Cruzeiro, lá no Mineirão, de igual para igual. Foi lamentável...

TORNEIO DE SINUCA FOI SHOW NO TANGARÁ
O torneio de esportes promovido pelo Tangará Country Club prosseguiu anteontem com a disputa da modalidade Sinuca. Com uma participação recorde de sinuqueiros, chegaram ao final para a decisão do titulo dois “craques da mesa”. Júnior César Alves sagrou-se campeão ao vencer Celso Marques Alves. “Foi mais um domingo de show também no esporte no Tangará Country Club, mostrando a importância do torneio que o clube realiza anualmenmte para o seu associado”, disse o coordenador Carlos Gomes dos Santos, o Carlão. No dia 23 aconteceu o torneio de abertura, com a realização da modalidade Peteca, que teve como campeão Sérvio Túlio Félix Simões Filho vencendo Carlos Antônio Alves na partida final. A programação segue no próximo domingo segue com a modalidade Tênis de Quadra; dia 15 acontece o Tênis de Mesa/Ping-Pong; dia 22, será avez do Futebol Soçaite, e dia 29 encerra-se o torneio com o Truco.

 

 

 

 

OAB REALIZA SEMIFINAL DO FUTSAL HOJE
A 28ª edição do Campeonato de Futsal da OAB Uberlândia chega à fase decisiva. Com participação de sete equipes, que jogaram entre si na fase preliminar, quatro disputam hoje, a partir das 20 horas, no Poliesportivo João Naves de Ávila (Patrimônio), a fase semifinal. Dai saem os dois finalistas, que vão decidir o titulo na quinta-feira (5), no mesmo local. A posição das equipes ficou assim: Retificadora Interpeças 16 e Esquenta Banco 16, MDS Advocacia 11, IBET/PFD Advocacia 10, OAB Araguari 7, AM/PC.KF 3 e o Indigesto não pontuou. O campeonato começou no dia 11 de novembro e ficou várias semanas parado no final do ano, devendo chegar ao seu final nesta semana. O campeão receberá o Troféu Dr. Celestino Carlos Pereira Azevedo.

TRUCO TEM QUATRO LIDERES NA LNT
Após ficar sem rodada na semana do Carnaval, o campeonato da Liga Nacional de Truco teve sequência anteontem com a realização da terceira rodada. Quatro equipes venceram em todas as rodadas, lideram a competição com 9 pontos, são também as únicas invictas e com aproveitamento de 100%: Shaparraw de Uberlândia, Minas de Araguari, Colorado de Uberaba e Internacional de Araguari. Na sequência da classificação estão o Dragão de Ouro de Uberlândia com 6, São Benedito de Uberaba e Águia Dourada de Uberlândia com 4, Itumbiara, Três de Ouro de Uberlândia e Santa Maria de Uberaba com 3, Operário e Independente, ambos de Uberlândia, com 1, Coringão e Catalão e Az de Ouro de Tupaciguara que ainda não pontuaram. Nos critérios de desempate (saldo de quedas) a posição dos lideres mostra o Shaparraw com 30, Minas com 28, Colorado com 27 e o Internacional com 21 quedas. Se a partida é marcada com 22 quedas, claro que cada lider tem 66 quedas pró, fruto de três vitórias. O Shaparraw é a equipe que sofreu menos quedas (36), enquanto o Minas sofreu 38, o Colorado 39 e o Internacional 45. As defesas “peneiras”, como diria no futebol, são dos lanternas Coringão de Catalão e do Az de Ouro de Tupaciguara (66).


*O conteúdo desta coluna é de responsabilidade do autor e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.














 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tags »
Relacionadas »
Comentários »