25/01/2018 às 19h33min - Atualizada em 25/01/2018 às 19h33min

Wéverton: 'Luanda é a consagração'

ALBERTO GOMIDE | COLUNISTA
Foto: Divulgação

O paradesporto de Uberlândia começa 2018 recheado de muito trabalho e muitas competições. Paratletas de todos os seguimentos da cidade já voltaram aos treinamentos para a competitiva temporada. Para o técnico em halterofilismo do CDDU/Futel e Seleção Brasileira, professor Wéverton Lima dos Santos, neste ano o trabalho é para ser tricampeão nacional e, principalmente, para que os atletas que estão disputando vagas na Seleção Brasileira consigam se manter no caminho para Tóquio 2020. Sobre a convocação para Luanda, em Angola, Wéverton Santos diz que: “O Campi em Luanda é a consagração de uma vida de estudos e de trabalho para fazer com que o Halterofilismo se desenvolva no Brasil e no mundo. As convocações refletem o resultado de toda dedicação e trabalho meu e dos atletas, e só demonstra que nosso trabalho está funcionando bem”.  

O atleta Luciano Bezerra Dantas, da equipe de Halterofilismo do CDDU/FUTEL, foi também convocado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro para o Campus de treino de Para-Atletismo e Para-Halterofilismo que será realizado em Luanda, entre os dias 19 e 22 de fevereiro. Luciano, atual vice-campeão Brasileiro de sua categoria, hoje se destaca nacionalmente não só pelos resultados, mas também pela disciplina, esforço e dedicação, frutos do grande trabalho que vem realizando nos últimos anos, com o técnico Wéverton Lima dos Santos, profissional da Futel e técnico da Seleção Brasileira. Luciano e Wéverton (na foto) se apresentam em São Paulo (SP), no dia 18 de fevereiro, quando se juntam aos demais componentes da delegação do Brasil e embarcam rumo a Luanda, onde participarão de treinamentos e palestras para atletas e treinadores locais.

Seis paratletas do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU)/FUTEL foram convocados para a Seleção Brasileira de Halterofilismo, para a 1ª fase de Treinamentos e Avaliações, visando melhor preparação para as competições deste ano, e que acontecerá no Centro de Treinamento Paralímpico Brasileiro, em São Paulo (SP), de 5 a 9 de fevereiro. Além dos atletas, foram convocados também o técnico Wéverton Lima dos Santos e o fisioterapeuta Vander Fagundes. O CDDU é o clube com maior número de atletas chamados, sendo ainda a equipe bicampeã do Circuito Caixa Loterias de Halterofilismo. Os convocados foram estes: Mateus de Assis Silva, Amanda Aparecida Santos de Sousa, Elizete Ernestina de Araújo, Luciano Bezerra Dantas, Lara Aparecida Ferreira Sullivan de Lima e Rodrigo Rosa de Carvalho Marques.

Pelo Praia Clube, a equipe paralímpica de natação retomou os treinamentos para a temporada. Mais uma vez, o Praia estará representado tanto na Seleção Brasileira de Jovens quanto na Principal. Em 2018, Emyly Santos Silva, Laila Suzigan Garcia (Seleção de Jovens) e Ruan Felipe Lima de Souza (Seleção Principal) integrarão o selecionado brasileiro em treinos e campeonatos dentro e fora do Brasil. Em março, as atletas Emyly Silva e Laila Garcia, mais o técnico Alexandre Vieira, estarão a serviço da Seleção Brasileira de Jovens, no World Series, que será realizado em Copenhagen, na Dinamarca. Antes, porém, os três participarão da semana de avaliações, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo (SP). Os praianos se apresentam à Seleção no dia 21 de fevereiro.
 
Peteca entre casais no Tangará
 
Tangará Country Club promove no domingo (28), a partir das 12h30, um torneio de peteca entre casais. Não-sócios também podem participar e as inscrições podem ser feitas até meia hora antes de começar as disputas. Mais informações com o coordenador Carlos Gomes dos Santos, o Carlão, fone 9-9266-2835.
Relacionadas »
Comentários »