22/11/2021 às 10h39min - Atualizada em 22/11/2021 às 10h39min

Motorista cai em cratera após rompimento de adutora na Av. Rondon Pacheco

Acidente aconteceu na manhã desta segunda (22); apesar do susto, ninguém ficou ferido

DA REDAÇÃO
Veículo ficou parcialmente submerso; motorista disse que local não estava sinalizado no momento do acidente I Foto: Jack Albernaz
Um veículo caiu em uma cratera aberta após o rompimento de uma adutora na Av. Rondon Pacheco, em Uberlândia. O incidente foi registrado na manhã desta segunda-feira (22), no cruzamento com a Rua Carioca, no bairro Tabajaras. O motorista e sua esposa, que também estava no carro, não sofreram ferimentos.
 
Segundo informações repassadas pelo condutor, o acidente aconteceu por volta das 6h30, no momento em que ele levava a esposa para o trabalho. De acordo com o relato, o veículo ficou parcialmente submerso e começou a encher de água.
 
Com a ajuda de pessoas que passavam pelo local, o motorista conseguiu sair do veículo e socorrer a esposa pelo banco de trás. Ainda de acordo com ele, o Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) disse que irá se responsabilizar pelos danos causados ao veículo.
 
Ao Diário, o condutor comentou sobre o susto e disse estar feliz por não ter acontecido algo mais grave. Segundo ele, no local não havia sinalização. “Não havia sinalização nenhuma no local, colocaram depois que aconteceu o fato. A adutora rompeu e eu cai dentro”, contou.
 

Por meio de nota, o Dmae informou que um vazamento de água na adutora secundária da Av. Rondon Pacheco ocasionou a erosão que não foi vista pelo motorista ao passar no local. O órgão disse também que sinalizou o local assim que soube do incidente e que já tomou as providências para a recuperação do veículo e indenização ao proprietário. A equipe de manutenção está no local executando o reparo na adutora.
 
Segundo o órgão, o trabalho deve ser concluído até às 18h e o abastecimento deve ser normalizado em até 12 horas após a conclusão. Pelo menos 13 bairros são atingidos. São eles: Daniel Fonseca, Dona Zulmira, Jaraguá (parte baixa), Jardim Brasília (parte baixa), Jardim Patrícia (parte baixa), Lídice (parte baixa), Morada da Colina, Osvaldo Rezende (parte baixa), Patrimônio (parte baixa), São José, Tabajaras (parte baixa), Taiaman, Vigilato Pereira e adjacências.
 
ACIDENTES COM ADUTORAS
Este não é o primeiro incidente envolvendo adutoras do Dmae. No fim do ano passado, uma adutora localizada também na Av. Rondon Pacheco se rompeu formando um grande chafariz. A água atingiu casas e uma escola de idiomas, causando diversos danos materiais.
 

Alguns dias depois do incidente, outras duas adutoras também se romperam na Rondon, na altura do viaduto da Av. Nicomedes Alves dos Santos. Na época, a Promotoria de Defesa do Consumidor de Uberlândia, por meio do Ministério Público Estadual (MPE), instaurou uma ação civil pública contra o Município devido aos danos materiais que o rompimento da adutora causou a moradores e comerciantes das proximidades.
 
O Ministério Público Estadual (MPE) também solicitou uma série de recomendações ao Dmae e solicitou que a autarquia apresentasse uma vistoria preventiva em todas as adutoras da cidade. O Dmae chegou a informar em comunicado na época que realizou as vistorias em todas as adutoras do Município.  

VEJA TAMBÉM:
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »