13/10/2021 às 14h38min - Atualizada em 13/10/2021 às 14h38min

Receita realiza operação para correção de informações do IR de pessoas físicas

Em Uberlândia, foram identificados 572 contribuintes irregulares em relação a declaração de dependentes dos exercícios 2017/2018

DA REDAÇÃO
Receita espera recuperar mais de R$ 7 milhões em crédito tributários dos exercícios 2017/2018 | Foto: Receita Federal

A Receita Federal iniciou nesta semana a operação “Falso Dependente”, que oferece a contribuintes pessoas físicas de Minas Gerais a oportunidade de correção de informações, relativas a dependentes, contidas nas Declarações de Ajuste Anual de Imposto de Renda (DIRPF) dos exercícios 2017/2018. A iniciativa é parte do Programa de Conformidade do órgão, que incentiva a regularização espontânea das obrigações tributárias antes de uma ação de fiscalização. Somente em Uberlândia, 572 contribuintes foram identificados, chegando ao total  R$ 1.967.944,55 sonegados. 

Ao todo, 2.101 contribuintes, em sete municípios, da jurisdição da Delegacia da Receita Federal de Uberlândia, devem receber uma correspondência, informando sobre as inconsistências detectadas. E a estimativa de sonegação do crédito tributário nas cidades da região ultrapassa os R$ 7 milhões. Em todo o estado de Minas Gerais, a Receita Federal levantou 36.000 falsos dependentes incluídos indevidamente nas Declarações de Imposto de Renda Pessoa Física. O montante do crédito tributário sonegado, acrescido de multa e juros moratórios ultrapassa R$100 milhões.

O intuito da operação é que os contribuintes providenciem a retificação espontânea das declarações correspondentes, acompanhadas do respectivo pagamento ou parcelamento do imposto a pagar. Não havendo a retificação das declarações, será aberto procedimento fiscal para apuração das infrações. Após a perda da espontaneidade, será feito o lançamento de ofício, com incidência de juros moratórios e multa de até 225% sobre o valor do imposto a pagar apurado.

As ações adotadas serão verificadas eletronicamente, sem necessidade de comparecer em uma unidade da Receita Federal. Para retificar a declaração, o contribuinte deve consultar as informações disponíveis
no site da da Receita Federal.

Confira a quantidade de contribuintes com irregularidades identificados nas cidades da jurisdição da Delegacia da Receita Federal de Uberlândia:

 

 

Região

Número Correspondências Enviadas 

Estimativa Crédito Tributário Sonegado (mais juro e multa mora)

ARAXÁ

284

R$ 787.145,44

FRUTAL

110

R$ 264.617,91

ITUIUTABA

83

R$ 294.681,08

PATOS DE MINAS

570

R$ 2.126.320,54

PATROCÍNIO

55

R$ 134.685,76

UBERABA

427

R$ 1.501.665,53

UBERLÂNDIA

572

R$ 1.967.944,55

TOTAL

2.101

R$ 7.077.059,81

 

VEJA TAMBÉM:

 

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »