03/09/2021 às 12h00min - Atualizada em 03/09/2021 às 12h00min

Homem é mantido em cárcere por suposta facção após denúncia de abuso

Polícia Militar chegou no momento em que suposto julgamento acontecia; cinco suspeitos foram presos

DA REDAÇÃO
Três aparelhos celulares e faca utilizados durante o julgamento foram apreendidas. |PMMG/Divulgação

Cinco homens, com idades entre 19 e 28 anos, foram presos na noite desta quinta-feira (2), por sequestro e cárcere privado no bairro Morumbi, em Uberlândia. De acordo com o registro da ocorrência, a vítima é um homem de 28 anos, que estava sendo julgado por uma facção criminosa depois de ser acusado pela ex-mulher de ter assediado a filha do casal.

 

A Polícia Militar (PMMG) recebeu a denúncia de que o suposto julgamento estaria acontecendo em uma casa na rua Videira. No local, os militares subiram no muro do imóvel ao lado e conseguiram ver pela janela que havia um homem no centro da sala e as demais pessoas ao redor dele. Um dos suspeitos viu a polícia e gritou para avisar o restante do grupo. Os homens tentaram fugir mas foram contidos. Contudo, um deles conseguiu realmente sair da casa.

 

Segundo o rapaz que foi sequestrado, ele foi pressionado e ameaçado pelos envolvidos para ir ao local para ser julgado porque a ex-esposa o acusou de ter passado a mão na própria filha. A todo o tempo, durante o suposto julgamento, os suspeitos mantinham contato com lideranças de uma facção criminosa e com a ex-mulher da vítima para decidir a sentença e a punição que seria aplicada.

 

No local, foi apreendido uma faca, além de três aparelhos celulares que foram utilizados durante toda a ação. Os suspeitos foram presos em flagrante por sequestro e cárcere privado. O envolvido que conseguiu fugir não foi identificado.

 

VEJA TAMBÉM:

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »