15/06/2021 às 19h46min - Atualizada em 15/06/2021 às 19h46min

Padrasto de jovem que morreu afogada em represa em Uberlândia pede investigação

Weslei Freitas afirmou ter sido informado que Polícia Civil abriu inquérito, nesta terça (15), para apurar como sua enteada caiu da lancha

FERNANDO NATÁLIO
O padrasto da jovem Taynara Layla Gonçalves Barbosa, de 21 anos, que foi encontrada morta no início da tarde desta terça-feira (15) na Represa de Miranda, no município de Uberlândia, afirmou ter sido informado que a Polícia Civil abriu inquérito para apurar como sua enteada caiu de uma lancha no último sábado (12) e acabou sendo vítima de um afogamento.
 
“Existem várias contradições entre as pessoas que estavam na lancha. Até mesmo em relação ao local onde teria sido o fato. A família só quer a verdade”, afirmou o padrasto, Weslei Freitas, em entrevista ao Diário de Uberlândia.
 
Ainda de acordo com Weslei Freitas, a Polícia Civil informou que apreendeu a lancha em que a jovem estava quando caiu na Represa de Miranda. Antes de ser informada sobre a abertura do inquérito e do Corpo de Bombeiros encontrar a jovem, a família foi às redes sociais pedir que essa investigação fosse realizada pela Polícia. Em postagem na rede social de uma amiga de Taynara Layla, a família pediu ajuda.
 
“Venho por meio deste post a pedido dos familiares da Taynara, encarecidamente pedir que compartilhem ao máximo para que nosso pedido ganhe forças e chegue aos órgãos responsáveis, para que se inicie um inquérito de investigação urgente!! Como muitos já sabem pelos noticiários, a Taynara “caiu” e possivelmente se afogou, de uma lancha onde estava com mais outras pessoas, nos B.Os coletados as informações se divergem, não sendo possível chegar a qualquer conclusão do que de fato aconteceu. Ela ainda não foi encontrada. Queremos notícias, queremos a verdade!”, constou a postagem.
 
CORPO ENCONTRADO
As equipes de busca do Corpo de Bombeiros encontraram, no início da tarde desta terça-feira (15), o corpo de Taynara Layla Gonçalves Barbosa, de 21 anos, na Represa de Miranda, no município de Uberlândia. A jovem estava desaparecida desde o último sábado (12).
 
Segundo informações do Corpo de Bombeiros, quatro dias após a ocorrência, o corpo da jovem submergiu nesta terça (15), possibilitando ser encontrado próximo à área da represa em que estavam sendo feitas as buscas. Conforme o Corpo de Bombeiros, a área em que a procura vinha sendo feita tinha grande profundidade, podendo chegar a 100 metros, e o trabalho de resgate era complexo porque as informações repassadas pelas testemunhas que estavam na lancha eram confusas e elas não sabiam o local exato da queda da jovem.
 
De acordo com informações dos militares, no sábado (12), duas mulheres caíram na água. Uma delas conseguiu retornar para a embarcação, mas a outra não foi mais vista. As pessoas que estavam na lancha confirmaram o afogamento naquela data.


VEJA TAMBÉM:
Bombeiros encontram corpo da jovem que caiu de lancha em represa de Uberlândia
Bombeiros procuram jovem que se afogou na Represa de Miranda em Uberlândia


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »