01/06/2021 às 12h11min - Atualizada em 01/06/2021 às 12h11min

Polícia prende jovem que atirou contra ex-companheira e ex-sogro no bairro Pacaembu em abril deste ano

Crime aconteceu após autor não aceitar fim de relacionamento; criminoso foi encontrado em Goiânia, na última sexta-feira (28)

BRUNA MERLIN
O criminoso foi preso na última sexta-feira (28), em Goiânia (GO), através de um mandado de prisão | Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil de Uberlândia prendeu o jovem, de 21 anos, acusado de tentativa de feminicídio contra a ex-companheira e tentativa de homicídio contra o ex-sogro em Uberlândia. O autor estava foragido desde o dia 4 de abril, quando atirou contra as vítimas no bairro Pacaembu.
 

O criminoso foi preso na última sexta-feira (28), em Goiânia (GO), através de um mandado de prisão. Na manhã desta terça-feira (1º), a delegada do caso, Lia Valechi, concedeu uma coletiva de imprensa na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e deu maiores detalhes sobre o caso.
 

Conforme dito pela delegada, o autor mantinha um relacionamento com a vítima, de 23 anos, há cerca de cinco anos. Eles chegaram a ter uma filha. “Ela disse que ele a agredia e a ameaçava desde o início do relacionamento. A vítima rompeu o namoro em janeiro deste ano, mas ele não se conformava com a separação e começou a persegui-la", afirmou.
 

Após o fim do relacionamento, a vítima continuou recebendo ameaças de mortes e procurou a polícia, conseguindo uma medida protetiva contra o autor. Mas, segundo Lia Valechi, a perseguição continuou. “Ele já chegou a invadir a casa dela para agredi-la e esganá-la”, continuou a delegada. 

Em 4 de abril, o autor foi até a casa da jovem onde ela estava com os pais. Imagens das câmeras de videomonitoramento da residência mostraram o momento em que o criminoso chega em uma motocicleta e começa a atirar em direção à ex-companheira. Neste momento, o pai dela entra na frente e é atingido pelos disparos. O ex-sogro sofreu ferimentos no rosto e teve a língua dilacerada por um tiro. 

 

“É nítido que ele queria cometer feminicídio contra ela. Não houve discussão antes e não houve conversa. Ele simplesmente chegou no local e começou a disparar com a arma de fogo”, complementou.
 

Desde então, o jovem estava foragido e seguia ameaçando a ex-companheira através de perfis falsos na rede social. “Após investigações e uma operação, nós conseguimos encontrá-lo. Ele tentou fugir da abordagem, mas foi rendido e encaminhado para Uberlândia”, afirmou. 
 

Ainda de acordo com Lia Valechi, o autor nega todos os fatos. Ele será indiciado pelos crimes de feminicídio tentado e homicídio tentado e será encaminhado ainda nesta terça-feira (1°) para o Presídio Professor Jacy de Assis.


VEJA TAMBÉM:


 

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »