09/03/2021 às 16h00min - Atualizada em 09/03/2021 às 16h00min

Idosos com 79 anos começam a ser vacinados em Uberlândia

Doses serão aplicadas, nesta quarta (10) e quinta-feira (11), no mesmo sistema drive-thru, no estacionamento do Centro Administrativo Municipal

DA REDAÇÃO
Serão vacinados, nesta quarta e quinta, os idosos com 79 anos que fizeram o cadastro previamente I Foto: Secom/PMU.
Com a nova remessa de doses enviadas pelo Ministério da Saúde e distribuída pelo Governo de Minas, a Prefeitura de Uberlândia inicia, nesta quarta-feira (10) e quinta-feira (11), a vacinação dos idosos com 79 anos que fizeram o cadastro previamente. Para continuar garantindo segurança e comodidade, a vacinação continuará no sistema drive-thru, no estacionamento do Centro Administrativo Municipal, das 8h às 18h.

Foram destinadas para Uberlândia 3.400 mil doses nesta última remessa. Com isso, será possível, segundo a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira, abranger os idosos de 79 anos completos e os com 78, que vão completar 79 até julho deste ano. Também será possível dar continuidade na vacinação dos acamados, conforme cronograma. A vacinação deste público será na sexta-feira (12).

“Recebemos uma quantidade nesta semana, o que nos permitiu ampliar ainda mais a vacinação dos idosos, que fizeram o cadastro prévio no Portal da Prefeitura. Como estamos com a estrutura do drive montada, daremos sequência a esse modelo, que é mais rápido, cômodo e seguro para eles”, detalhou a coordenadora do Programa de Imunização, Cláubia Oliveira.

A coordenadora também reforçou que a vacinação está sendo realizada de forma gradativa de acordo com os grupos prioritários, ordem do cadastro e a quantidade de doses liberadas para a cidade.

Até o momento, o município já imunizou 38.931 pessoas, representando 96,75% das doses que foram enviadas ao município. As informações estão disponíveis no “Vacinômetro” - uma ferramenta criada pela Prefeitura de Uberlândia.  Por meio dela, qualquer cidadão pode acompanhar a quantidade de doses que o município recebeu e aplicou, a porcentagem de vacinação, fabricante, entre outros.

VACINAÇÃO DOS IDOSOS ACAMADOS
Ainda segundo a coordenadora do Programa de Imunização, a vacinação dos idosos acamados está acontecendo, paralelamente, aos dos idosos do drive-thru. No entanto, ir até a casa deste público exige uma logística complexa.

“A vacinação dos acamados requer um tempo maior, pois envolve vários profissionais, como motoristas, equipes de vacinadores, escolta policial, além do deslocamento entre os endereços que são distantes um dos outros. Mas temos o compromisso de vacinar todos os idosos acamados em casa, e vamos fazer isso”, detalhou Claubia Oliveira.

A coordenadora também enfatizou que o critério do acamado é aquele restrito ao leito, ou seja, impossibilitado de andar ou com mobilidade restrita e dependente. “Caso o idoso não esteja nesta condição de mobilidade, é muito importante aproveitar a ação do drive-thru. Se o cadastro do idoso está como acamado, mas é possível trazê-lo garantindo o seu bem-estar, basta entrar no cadastro e desmarcar a opção acamado”, explicou.

CONSULTA AO CADASTRO E AGENDAMENTO
A imunização do público prioritário contra a Covid-19 em Uberlândia acontece mediante cadastro prévio. O acesso é feito no Portal da Prefeitura, na aba “Enfrentamento ao Coronavírus” e depois basta acessar o botão “Cadastro Vacinação”. Quem se cadastrou para receber a vacina pode acompanhar o agendamento da imunização. A Prefeitura disponibilizou a opção “Consultar Agendamento” no canto superior direito da página de cadastro para a vacina.

Para acessar a página, é preciso informar se é idoso ou trabalhador da saúde, digitar o CPF e a data de nascimento. Com o novo serviço online, o usuário obtém mais detalhes sobre o agendamento e as informações sobre a aplicação da vacina: se é 1ª ou 2ª dose, fabricante da vacina, além de data, hora e local da aplicação. Mesmo com a ferramenta, a pessoa cadastrada continua recebendo a confirmação do agendamento por mensagem de texto no celular (SMS).

Para evitar filas desnecessárias, recomenda-se respeitar rigorosamente o horário agendado. Nos casos em que a pessoa não tiver condição de comparecer por questão de locomoção ou outras no dia do agendamento, deve-se entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, que ficará responsável por marcar uma nova data para que a vacinação seja realizada da melhor forma. O número é 0800-940-1480.

A Prefeitura de Uberlândia alerta ainda para que as pessoas se atentem para o recebimento de mensagens de texto verídicas e compareçam ao ponto de vacinação agendado com cartão de vacina e documento pessoal com foto.

CAPACETES ELMOS
A Prefeitura de Uberlândia iniciou, nesta terça-feira (9), o treinamento para utilização de 100 capacetes Elmos. A capacitação será oferecida a 60 profissionais da saúde, divididos em turmas de 10 participantes, que serão multiplicadores das técnicas em suas unidades de atuação. A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é que, na próxima semana, os equipamentos estejam auxiliando o tratamento de pacientes com Covid-19 nas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), Centro de Internação da Missão Sal da Terra e anexo do Hospital Municipal (antigo Santa Catarina).

Os Elmos são equipamentos de respiração artificial não invasiva e foram doados ao Município por empresários que não quiseram ser identificados. Nesta semana, a Prefeitura realizou compras emergenciais dos acessórios que completam a montagem dos capacetes. Ao ser utilizado, o dispositivo auxilia no tratamento de pacientes com Covid-19 que se encontram em quadros clínicos moderados ou em início de gravidade.

O treinamento em Uberlândia está sendo feito por profissionais da Escola de Saúde Pública do Ceará, vinculada à Secretaria de Estado de Saúde do Ceará. Segundo a enfermeira Andréa Braid, que compõe a equipe de treinadores, o capacete é uma esperança no tratamento contra a Covid-19. “É indescritível a sensação de vermos os pacientes usando o Elmo e depois vê-los melhores e curados”, afirmou.

O Elmo é acomodado ao pescoço do paciente e em alguns casos dobra a capacidade de oxigenação, com injeção de até 30 litros de oxigênio, além de retardar ou impedir a necessidade de intubação. “O capacete permite melhoras na respiração e pode ser utilizado fora de leitos de Unidades de Terapia Intensiva”, destacou a assessora de urgência e emergência da Secretaria Municipal de Saúde, Soraya Rezende.

O dispositivo pode ser desinfetado e reutilizado em diversos pacientes, além de ser de baixo custo em relação aos respiradores mecânicos e garantir mais segurança para os profissionais de saúde, pois é vedado e não permite a proliferação de partículas de vírus. 





 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »