15/01/2021 às 17h50min - Atualizada em 15/01/2021 às 17h50min

Vacinação para grupos prioritários terá cadastramento a partir de segunda-feira (18)

Município fez anúncio na tarde desta sexta (15); trabalhadores da saúde e idosos serão priorizados

FERNANDO NATÁLIO

O agendamento para a vacinação contra o coronavírus em Uberlândia vai ser feito por meio de um cadastramento online que a Prefeitura vai disponibilizar em seu site, a partir de segunda-feira (18), inicialmente para os trabalhadores da saúde e idosos, que integram o grupo prioritário da imunização.

A novidade foi anunciada em entrevista coletiva do prefeito Odelmo Leão, realizada na tarde desta sexta-feira (15). A data de início da aplicação das vacinas não foi confirmada e, segundo o prefeito, a decisão dependerá da aprovação das vacinas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ainda na entrevista coletiva, o secretário Municipal de Saúde, Gladstone Rodrigues, informou que, a princípio, Uberlândia deve seguir o cronograma de vacinação do Ministério da Saúde, que prevê os profissionais da saúde, os acamados, povos indígenas, os idosos com 75 anos ou mais e idosos com mais de 60 anos que vivem em Instituições de Longa Permanência (ILPI) como os primeiros a serem imunizados contra a Covid-19.

No segundo momento da campanha, segundo o plano de vacinação do Ministério da Saúde, virão os idosos com idade entre 60 e 74 anos. O terceiro grupo será formado pelas pessoas com comorbidades crônicas, transplantadas e com obesidade.

Já na quarta etapa, a vacinação atenderá os profissionais da Educação, pessoas com deficiências severa, primeiros socorristas, trabalhadores do transporte coletivo, transportadores rodoviários de cargas, funcionários de sistemas prisionais e população privada de liberdade.

“Como a vacinação está centralizada pelo Governo Federal e ele ainda não informou quantas doses serão distribuídas para os municípios, não sabemos quantas pessoas poderão ser vacinadas nesse primeiro momento. Por isso, inicialmente, devemos usar esse cronograma do Ministério da Saúde, priorizando determinados grupos que são de maior risco”, explicou Gladstone Rodrigues.    


SERINGAS E AGULHAS
Também na entrevista coletiva realizada na tarde desta sexta-feira (15), o secretário Municipal de Saúde informou que o Município tem, hoje, 100 mil seringas e agulhas para serem usadas na vacinação contra o coronavírus. “Estamos prontos para começar a vacinação imediatamente após as doses chegarem ao município. Essas 100 mil seringas e agulhas já estão estocadas e vamos receber mais remessas do Estado”, revelou o secretário.

Para a Regional de Saúde de Uberlândia já foram distribuídas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) 338.250 seringas agulhadas.

SEM DEFINIÇÕES
Além da data de início, também não há outras definições sobre a imunização, como a quantidade de doses que Uberlândia vai receber e o número de pessoas que vai ser vacinado no primeiro momento da campanha, tempo de duração para vacinar a população, qual vacina chegará à cidade e quantos postos de imunização serão oferecidos.

“Tudo isso depende do Governo Federal repassar informações para o Estado, que, por sua vez, passará aos municípios. Mas, até o momento, esses dados não foram informados pelo governo federal”, afirmou Gladstone Rodrigues.

LOCAIS DE VACINAÇÃO
A vacinação contra a Covid-19 em Uberlândia vai ser feita em locais cobertos, ventilados, amplos e de fácil acesso. Poliesportivos foram mencionados pelo secretário Municipal de Saúde. “Temos unidades de saúde que não poderão receber a vacinação porque não têm o espaço amplo e adequado para fazer esse tipo de ação. Pensamos em locais como o UTC (Uberlândia Tênis Clube) e as CEAIS (Centro Educacional de Assistência Integrada ao Idoso) para fazer essa campanha”, informou o secretário. 




VEJA TAMBÉM:

Prefeitura assina documento inicial para aquisição da vacina contra a Covid-19

Prefeitura negocia aquisição de 400 mil doses da vacina contra o coronavírus

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »