06/01/2021 às 18h05min - Atualizada em 06/01/2021 às 18h05min

Com investimento de R$ 35 mil, Zona Azul terá numeração em vagas

Mudança visa melhorar controle de rotatividade de veículos; motoristas devem colocar número da vaga em que estacionou no ato do pagamento

BRUNA MERLIN
Pintura da numeração começou ainda em dezembro de 2020 | Foto: Divulgação
Os motoristas devem ficar atentos para uma mudança que está sendo realizada nas vias que contam com a Zona Azul em Uberlândia. Estão sendo instaladas numerações nas vagas para melhorar o controle da rotatividade de veículos.

Segundo o coordenador da Faixa Azul, Wesley Ferreira, a alteração visa criar um melhor sistema de controle do tempo de permanência de cada veículo nas vagas, respeitando o tempo máximo de duas horas. Os trabalhos estão sendo administrados pela Instituição Cristã de Assistência Social de Uberlândia (Icasu), conveniada com a Prefeitura, e o investimento foi de cerca de R$ 35 mil.

Para os usuários, pouca coisa irá mudar. A partir da inicialização do novo sistema, os motoristas deverão informar a numeração da vaga em que estacionou na hora do pagamento, através do aplicativo Faixa Azul Digital-Uberlândia ou pelos parquímetros instalados.

“Hoje, não conseguimos monitorar com precisão a quantidade de tempo que determinado veículo está em uma vaga. A numeração permitirá isso e os monitores farão essa fiscalização por meio de um aplicativo que controla a permanência na vaga, de acordo com a placa do automóvel e a numeração da vaga”, explicou.

A mudança promete, ainda, otimizar o tempo dos motoristas. Atualmente, os optantes pelo pagamento através dos parquímetros precisam colocar o voucher no para-brisa do carro para comprovar o tempo que pagou pela vaga, mas isso não será mais necessário com o novo sistema.

“A irregularidade dos veículos estacionados traz prejuízos para a arrecadação da Zona Azul, que é toda destinada à saúde da cidade. Além disso, também impacta o comércio, porque se um motorista estiver ocupando a vaga por horas não dará espaço para outras pessoas que querem visitar o Centro”, destacou Wesley.

Caso o motorista não realize a mudança de vaga após as duas horas permitidas, ele ficará sujeito à uma autuação da Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran).

PRAZO
Os trabalhos de numeração das vagas começaram no dia 18 de dezembro. As primeiras vias que estão recebendo o novo sistema são as avenidas Floriano Peixoto e Afonso Pena. Em seguida, o serviço passará a ser aplicado nas avenidas Cesário Alvim, Rio Branco, João Pinheiro e Cipriano Del Fávero, além das ruas paralelas. Atualmente, o município conta com 3.669 vagas de Zona Azul, situadas na região central.

Conforme informado por Wesley Ferreira, o prazo para concluir a nova implementação é de 30 dias, mas, assim que as primeiras vias receberem a numeração, o sistema já começará a valer. “Já estamos começando a divulgar e orientar os motoristas sobre a mudança para que eles fiquem atentos e não sejam pegos de surpresa”, complementou.

VALORES
Mesmo com a mudança, a tarifa da Zona Azul continuará sendo cobrada de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 13h. O valor de cobrança é de R$ 1,10 para cada 30 minutos, com os primeiros 15 minutos gratuitos. A permanência máxima de cada veículo em uma mesma vaga é de duas horas.



VEJA TAMBÉM:

Chuva causa enxurradas e pontos de alagamento em Uberlândia


Hotéis para cachorros são apostas para o período de férias em Uberlândia
 
 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »