08/12/2020 às 08h23min - Atualizada em 08/12/2020 às 08h23min

Próxima legislatura deve definir destino da verba indenizatória em Uberlândia

Após polêmica na última semana, projeto que institui o custeio da atividade parlamentar foi arquivado

DA REDAÇÃO
Após a repercussão negativa junto à opinião pública, o projeto que institui o sistema de custeio da atividade parlamentar, assim como o que extingue definitivamente a verba indenizatória, foi retirado da pauta da sessão da última sexta-feira (4) na Câmara Municipal de Uberlândia para ser feito um substitutivo. Nesta segunda (7), a Casa emitiu um comunicado de que as duas matérias foram arquivadas e deverão ser discutidas pelos vereadores da próxima legislatura. 

O Legislativo informou ainda que o projeto do custeio da atividade parlamentar só poderia tramitar após revogação da resolução que cria a verba indenizatória, por isso a retirada das duas matérias.

Ainda conforme a nota, o projeto estava em discussão e foi colocado para deliberação de maneira equivocada. “O projeto ainda estava em discussão com vereadores quando, equivocadamente, foi encaminhado para deliberação sem que houvesse sido colhidas as assinaturas dos membros da mesa diretora, somente com assinaturas digitalizadas”.

VEJA TAMBÉM:

 
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »