06/12/2020 às 08h00min - Atualizada em 06/12/2020 às 08h00min

Professor da UFU integrará a Associação Brasileira de Ciências

Docente lotado no Instituto de Química é o terceiro da universidade a obter vaga na entidade

DA REDAÇÃO
Desde 2015, coordenação do Programa de Pós-Graduação em Química é uma das ocupações de Rodrigo Muñoz na UFU | Foto: Arquivo pessoal

Professor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Rodrigo Alejandro Abarza Muñoz foi eleito para integrar o quadro da Academia Brasileira de Ciências (ABC). O nome do docente foi divulgado na quinta-feira (3), após a realização de uma Assembleia Geral Ordinária.

Lotado no Instituto de Química (IQ), Muñoz é apenas o terceiro docente da UFU a conquistar uma vaga na ABC, juntando-se ao geneticista Warwick Estevam Kerr e ao engenheiro mecânico Valder Steffen Júnior, atual reitor da universidade. “Acredito que a minha participação na ABC seja por conta da trajetória acadêmica trilhada nestes 12 anos em que estou na UFU, como professor e pesquisador do IQ. Certamente, é um reconhecimento para a universidade”, disse.

O professor também se disse grato a todos os acadêmicos que foram seus orientados de iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado. Segundo ele, todos os estudantes contribuíram de forma significativa para as atividades do Núcleo de Pesquisa em Eletroanalítica (NuPE), e são responsáveis pelo trabalho desempenhado na UFU.

 

“Uma importante lição que aprendi durante a minha formação é a importância das parcerias e colaborações científicas nacionais e internacionais. Sempre se aprende muito, sobretudo em parcerias com cientistas de áreas diferentes da sua. Estas parcerias também foram decisivas para os sucessos das pesquisas que realizamos na UFU. Fazer parte da ABC aumentará ainda mais a rede de colaboradores em todas as áreas da ciência, o que permitirá atuar em novos projetos de pesquisa interdisciplinares de importância para a sociedade”, explicou Muñoz.


CURRÍCULO
Rodrigo Alejandro Abarza Muñoz graduou-se em química com atribuições tecnológicas pela Universidade de São Paulo (USP), em 2002. Realizou dois estágios de pós-doutoramento, na Arizona State University, EUA (2006-2007) e na Universidade de São Paulo (2007-2008).

Atualmente, é professor associado, coordenador de Programa de Pós-Graduação em Química (2015-2017; 2017-2019 e 2019-2021), editor associado do Journal of the Brazilian Chemical Society (2018), diretor da Divisão de Eletroquímica e Eletroanalítica da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) (2020-2022), faz parte da comissão organizadora do Pint of Science (Uberlândia) 2020 e é integrante do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Bioanalítica (INCTBio).
Tem experiência na área de química, com ênfase em Química Analítica, atuando principalmente nos seguintes temas: eletroanalítica, sensores eletroquímicos, nanomateriais, sistemas de análise em fluxo, preparo de amostras, biocombustíveis, química forense, bioanalítica e impressão 3D.

Recebeu os seguintes prêmios: Prêmio Hans Viertler para Jovens Cientistas (2016), Prêmio Destaque em Pesquisa 2013 - categoria Jovem Talento (2013) e Prêmio Química Nova para Jovens Autores (2012) pela Sociedade Brasileira de Química e o Prêmio Petrobrás de Tecnologia no tema de Tecnologia de Preservação Ambiental pela Petrobrás (prêmio recebido por sua tese de doutorado, defendida em 2006). É bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 1C.

A ABC
Fundada em 1916, a ABC é uma entidade independente, não governamental e sem fins lucrativos, que atua como sociedade científica honorífica e contribui para o estudo de temas de primeira importância para a sociedade. O objetivo da associação é dar subsídios científicos para a formulação de políticas públicas, focando no desenvolvimento científico do país, juntamente com a interação entre os cientistas brasileiros e pesquisadores de outras nações.



VEJA TAMBÉM:

Câmara vai apresentar projeto substitutivo sobre gastos de gabinete


Calor e tempo estável são previstos para o primeiro fim de semana em dezembro
 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »