04/12/2020 às 11h06min - Atualizada em 04/12/2020 às 11h06min

Calor e tempo estável são previstos para o primeiro fim de semana de dezembro

Previsão aponta que mês terá chuvas abaixo da média registrada nos últimos anos

DA REDAÇÃO
Tempo deverá ficar mais firme nos próximos dias na cidade | Foto: Arquivo/Diário de Uberlândia
Após chuvas consideráveis atingirem a cidade de Uberlândia nos últimos dias, o tempo voltará a ficar estável e com temperaturas altas no primeiro fim de semana de dezembro. A previsão aponta que os termômetros podem chegar a 32ºC nos próximos dias. 
 
Segundo o geógrafo William Borges, as possibilidades de chuvas para este fim de semana são pequenas. “Podem ocorrer pequenas precipitações na madrugada de domingo (6), mas acontecerão de forma mais isolada e acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento”, complementou. 
 
William explicou ainda que a previsão é de que a média de chuva no mês seja abaixo do que a registrada nos últimos anos. A média de precipitações em dezembro é de 293 milímetros e, em 2020, ela pode cair para 230 milímetros. 
 
“É uma variação comum e aconteceu também no mês de novembro em que a média ficou abaixo. Mas, mesmo com uma média abaixo, dezembro já começou com bastante chuva. Nos primeiros dias do mês, foram registrados mais de 70 milímetros na cidade”, destacou. 
 
O último mês do ano também trará um aumento das temperaturas devido à chegada do verão que começa no dia 21 de dezembro. A estação mais quente poderá trazer uma elevação de até 3ºC na temperatura neste ano.
 
“O calor irá continuar e poderá aumentar com o passar dos dias por causa da nova estação que está chegando. Dezembro e janeiro são os meses mais quentes do ano”, finalizou Borges. 
 
Confira como fica o tempo neste fim de semana:
 
Sexta-feira (4): mínima de 18ºC e máxima de 32ºC. Umidade relativa do ar variando entre 80% e 30%.
Sábado (5): mínima de 21ºC e máxima de 32ºC. Umidade relativa do ar variando entre 90% e 40%.
Domingo (6): mínima de 19ºC e máxima de 27ºC. Umidade relativa do ar variando entre 100% e 50%.  


VEJA TAMBÉM: 


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »