03/12/2020 às 09h09min - Atualizada em 03/12/2020 às 09h09min

Jovem acusado de matar vizinho é condenado a 12 anos de prisão em Uberlândia

Crime aconteceu em setembro de 2019 e vítima foi assassinada com golpes de barra de ferro; julgamento foi realizado nesta quarta-feira (2)

BRUNA MERLIN
João Victor Martins Santos, de 19 anos, acusado de matar o vizinho com golpes de barra de ferro, foi condenado a 12 anos de reclusão em regime fechado em Uberlândia. O crime aconteceu em setembro de 2019 no bairro Custódio Pereira.

O réu foi a júri popular na tarde desta quarta-feira (2) no Fórum de Uberlândia. Em plenário, o Ministério Público Estadual (MPE) sustentou a acusação de João Victor, pedindo a condenação. Por sua vez, a defesa do réu seguiu a linha de que ele havia agido em legítima defesa. 

Após as partes apresentarem as alegações, os jurados reconheceram a prática do homicídio, a autoria do crime e identificaram as circunstâncias qualificadoras de motivo fútil e meio cruel. 

Diante da votação do júri, o juiz da 5ª Vara Criminal condenou o acusado em 12 anos de reclusão. Foi decidido ainda que João Victor iniciará o cumprimento da pena em regime fechado, mantendo a prisão preventiva dele. 

O Diário de Uberlândia tentou entrar em contato com a advogada do réu para saber se a defesa tentará recorrer da sentença, mas as ligações não foram atendidas. 

HOMICÍDIO
O crime aconteceu em setembro de 2019 no bairro Custódio Pereira A vítima, Luiz Carlos Pereira, estava em uma confraternização na casa do autor quando foi assassinado após uma discussão. 

Luiz Carlos sofreu um traumatismo cranioencefálico grave e não resistiu aos ferimentos. Testemunhas e o Corpo de Bombeiros tentaram socorrer a vítima, mas ela veio a óbito no local do crime. 

João Victor foi preso na data no crime. Na época, ele confessou o fato e até identificou o local onde teria enterrado a barra de ferro utilizada na agressão. 


VEJA TAMBÉM: 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »