24/10/2020 às 08h00min - Atualizada em 24/10/2020 às 08h00min

Edição do “Arte na Praça” será totalmente online

Evento organizado pela UFU acontece no domingo (25), às 15h

DA REDAÇÃO
Jack Will & Enzo Banzo tocam juntos no festival | Foto: Divulgação

Neste domingo (25), às 15h, a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) promove mais uma edição do “Arte na Praça”, desta vez, devido à pandemia de Covid-19, realizado de forma totalmente online. Com transmissão ao vivo no YouTube da universidade, o evento recebe cinco artistas e grupos musicais da região.

Com as participações de MC Tha (SP), Fernanda Vital & Banda (MG), Lizandra (MG), Enzo Banzo & Jack Will (MG) e Uiara (MG), o projeto tem como objetivo valorizar artistas independentes na intenção de promover e democratizar o acesso no campo da cultura ao incentivar as trocas entre artista locais, regionais e nacionais.

O Arte na Praça é um dos projetos mais longevos da UFU e já contou com a participação de artistas de renome nacional, como Tulipa Ruiz, Jair Rodrigues, Luiz Melodia, Cátia de França e Paulo Miklos. Tradicionalmente, o festival acontece em locais públicos e com acesso gratuito, contudo, devido à pandemia da Covid-19, em 2020 o evento precisou ser repensado.

“Este ano, em função da pandemia e das constantes reduções orçamentárias, os desafios para o setor cultural são ainda maiores, especialmente quando pensados na relação com a educação. Mas a opção pelo formato online para o Arte na Praça nos dá a possibilidade de manter a regularidade dessa importante ação cultural no contexto da UFU”, destacou Alexandre Molina, Diretor de Cultura da UFU.

Neste ano, o festival ainda apoia a campanha “UFU Solidária”, promovida pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (Proexc), no qual o público poderá contribuir com doações que serão destinadas a grupos vulneráveis decorrente da pandemia do novo coronavírus.
 
OS ARTISTAS
 
Mc Tha
Nascida e criada na capital paulista, MC Tha mistura MPB com funk e afrobeat. Desde adolescente, ela tem amor incondicional pela música. Após a temporada de espera marcada por cinco singles e o EP acústico “Versões”, nasceu o Rito de Passá, primeiro álbum da MC Tha. Produzido de forma independente, o disco é regido por meio da faixa Rito de Passá: “ritual diário que nos ensina a viver o hoje. As dores, as alegrias, as inseguranças, a espera!”.

Fernanda Vital e Banda (MG)
De Ribeirão Preto (SP), Fernanda Vital se encantou por Uberlândia e faz da cidade a sua morada há quatro anos. Na carreira, são mais de 15 anos de estrada, desde o seu primeiro projeto. O primeiro álbum de Fernanda Vital traz do conceito de mímesis a liberdade de pensamento, a intimidade com a natureza, a capacidade de transformação. Representa os espaços entre as palavras e as coisas, na tentativa de dizer o que se sente.

Na sonoridade, traz a mistura dos beats e dos timbres metalizados, pensados em linguagem contemporânea, somados a referências diversas da música do mundo e da cultura popular brasileira, que aparecem de forma sutil conforme a música vai sendo degustada, resultando em um álbum intimista e envolvente, mas ao mesmo tempo totalmente dançante e ritmado.
 
Lizandra (MG)
Mineira como o Arte na Praça, Lizandra nasceu em Guimarânia (MG), mas fez morada em Patos de Minas (MG). Cantora e compositora, Lizandra é uma das poucas mulheres da sua região a levantar a bandeira da música autoral e um dos principais nomes atuantes e promissores na sua cidade. A artista soma quase 13 mil seguidores no Instagram e tem fãs espalhados por todo o Brasil. Lizandra encontrou na música sua forma de existência e resistência.

A artista lançou seu primeiro EP autoral em 2014, quando ainda começava a se entender e se construir como artista. Percorreu palcos importantes de eventos e festivais de música de seu estado e tem sua base musical construída pelos inúmeros barzinhos em que já se apresentou.
 
Enzo Banzo e Jack Will
Enzo Banzo nasceu em Ibiá (MG) e mudou-se para Uberlândia há mais de 20 anos. O vocalista do Porcas Borboletas fez sua carreira e sua voz ficarem conhecidas por toda a região. Em seu show, traz a poesia em forma de música e no Arte na Praça ele não vem sozinho, vem acompanhado de Jack Will.

Músico e escritor, Enzo Banzo une suas duas facetas em seu primeiro disco solo, “Canção Escondida”, em que cumpre o desafio de musicar poemas de autores como Luís de Camões, Carlos Drummond de Andrade, Paulo Leminski, Arnaldo Antunes, Alice Ruiz, Danislau, Marcelino Freire, Cleusa Bernardes – mãe do artista – e Clara Averbuck.

Jack Will iniciou sua atuação na área musical em 2002 com a banda Mapa Mundi, tocando nos bares de Uberlândia. Em 2017 ingressou no curso de Graduação em Música (Percussão) da UFU. Na carreira, além de ter passado por várias bandas, o músico já subiu em palcos de grandes festivais, entre eles o “Love Box” e “Festival Brasil”, em Londres.
 
Uiara
Bailarina, coreógrafa e cantora, Uiara é uma das novas vozes que ecoam no cenário musical uberlandense, com apenas um single lançado (“Intuição”). Ela une o seu talento ao seu timbre potente e promete muita coisa bacana nos próximos meses. Para o show do Arte na Praça, Uiara fará releituras de grandes sucessos, músicas autorais e algumas novidades que serão estreia, apresentadas em primeira mão.
 
SERVIÇO
O QUE: Arte na Praça – edição online
QUANDO: 25 de outubro, às 15h
QUEM: Uiara, Enzo Banzo & Jack Will, MC Tha, Fernanda Vital e Lizandra
ONDE: Transmissão pelo canal do YouTube da UFU: www.youtube.com/CanalDaUFU
Transmissão pela TV Universitária (sinal 4.1) e Universitária FM (107,5 FM)


VEJA TAMBÉM:

Resultado do Festival de Cenas Curtas é divulgado


Festa do Congado é realizada sem tradicionais celebrações em Uberlândia

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »