24/10/2020 às 09h00min - Atualizada em 24/10/2020 às 09h00min

Crimes violentos têm redução de 41% em Uberlândia, segundo a PM

Levantamento mostra que de janeiro a setembro de 2020 foram registradas 1.476 ocorrências na cidade, contra 2.511 em 2019.

DHIEGO BORGES

Um levantamento divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) nesta semana mostrou que o número de mortes violentas intencionais cresceu 7,1% no Brasil no primeiro semestre de 2020. Apesar do aumento da violência a nível nacional, dados disponibilizados pela Polícia Militar (PM) apontam que, em Uberlândia, o índice de crimes violentos teve queda de 41,22% neste ano.

Segundo a PM, de janeiro a setembro de 2020 foram registradas 1.476 ocorrências relacionadas a crimes violentos na cidade, contra 2.511 em 2019. Os crimes violentos englobam roubos, estupros, homicídios, extorsão e sequestro. O levantamento mostra ainda que o número de homicídios consumados também sofreu queda de 67,31%. Em 2020, foram contabilizados 17 homicídios contra 52 registrados no ano passado.

Em 2020, foram realizadas 569 prisões de autores de crimes violentos e 315 apreensões de armas de fogo em Uberlândia. As ocorrências de roubos e furtos também tiveram redução de 42,32% e 24,37%, respectivamente. De acordo com a Polícia Militar, neste ano foram contabilizados, até setembro, 8.395 furtos consumados. Em 2019, foram 11.100 ocorrências dessa natureza. Os registros de roubos diminuíram de 2.155 em 2019 para 1.243 neste ano.

Em entrevista ao Diário, o capitão Leandro Menezes destacou que a pandemia, aliada a um trabalho estratégico realizado pela PM, contribuíram para a redução da criminalidade. “A pandemia influenciou significativamente no comportamento das pessoas, por conta do recolhimento social. Porém, um trabalho que vem sendo desenvolvido pela Polícia Militar com ferramentas de tecnologia e emprego do policiamento em localidades de maior incidência de práticas criminosas tem permitido esse resultado”, afirmou.
 
OCORRÊNCIAS RECENTES
Apesar da redução dos crimes, algumas ocorrências registradas de crimes violentos nas últimas duas semanas chamaram a atenção em Uberlândia. No último dia 12, o Diário noticiou a morte de um homem de 30 anos, que foi
assassinado em um bar com golpes de faca após tentar intervir em uma briga entre o amigo dele, a ex-companheira e o atual namorado. A ocorrência foi registrada em um bar no bairro Morumbi. O autor, que assumiu a autoria do crime, foi localizado e preso.

Nesta semana, outro crime também foi registrado, desta vez no bairro São Jorge. A vítima, também de 30 anos, foi
assassinada a tiros no domingo (18) em um mercado. O homem, que foi atingido com 12 disparos de arma de fogo morreu no local. Segundo testemunhas, dois suspeitos entraram no mercado, chamaram pela vítima e, em seguida, realizaram os disparos.

De acordo com o capitão da PM, Leandro Menezes, apesar da gravidade, essas ocorrências têm sido pontuais. “Foram casos isolados, questões passionais, acertos de contas, mas não há um fator motivador que indique uma ascendência desse tipo de crime, mesmo porque, no acumulado do ano, nós ainda estamos com larga redução desses homicídios. Existe uma rede de prevenção e respostas repressivas da PM e, na maioria dos casos, os autores foram identificados em flagrante delito”, destacou.
 
TRIÂNGULO MINEIRO
Segundo dados da 9ª Região da Polícia Militar de Minas Gerais, que abrange Uberlândia e outras 17 cidades, os crimes violentos também tiveram queda de 39,26% em toda a região. O levantamento apontou ainda que os homicídios consumados reduziram em 33,72%. O número de furtos caiu 25,35% e os roubos sofreram queda de 41,40%, de janeiro a setembro de 2020.
 
MINAS GERAIS
Em todo o estado, segundo dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), o número de crimes violentos, de janeiro a agosto, também sofreu queda de aproximadamente 34%. Em 2020, foram registradas 31.778 ocorrências, contra 47.980 no mesmo período de 2019. Os homicídios consumados também tiveram redução de cerca de 2%.


VEJA TAMBÉM:

Justiça condena 12 policiais rodoviários federais presos na operação Domiciano


 

 
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »