06/10/2020 às 18h11min - Atualizada em 06/10/2020 às 18h11min

Novo edital traz mudanças no Vestibular 2020 da UFU

Mesmo com nova data, caso a pandemia regresse, provas podem ser adiadas novamente

SÍLVIO AZEVEDO
O segundo vestibular de 2020 da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) foi reagendado para os dias 19 e 20 de dezembro, após aprovação do Conselho de Graduação (Congrad) da instituição na última sexta-feira (2). O edital foi publicado na tarde desta terça-feira (6) com algumas adaptações para que o processo possa ser realizado. Confira aqui.

A remarcação do vestibular foi uma medida causada pela pandemia da Covid-19, que causou a suspensão das provas, que aconteceriam nos dias 25 e 26 de abril (primeira fase), e 6 e 7 de junho (segunda fase).

“A aprovação da data para realização do vestibular, pelo Conselho de Graduação, foi um ato importante, porque temos a possibilidade de realizar um planejamento mais tranquilo sobre o material de aplicação das provas”, afirmou o pró-reitor de Graduação da UFU, Armindo Quillici Neto.

Entre as mudanças, quatro são importantes para que os candidatos fiquem atentos. A primeira é a diminuição no número de datas de realização das provas, que antes eram em dois finais de semana, e agora será em apenas um, com a primeira fase no dia 19 e a segunda, dia 20.

“Em função da pandemia, vamos reduzir o vestibular de dois, para um final de semana. Nós desenvolvemos um protocolo de segurança somente para o vestibular, que será divulgado e cumprido”, disse. 

Outra mudança está na inclusão da capital Belo Horizonte como local de provas. Com isso, BH se junta a Uberlândia, Monte Carmelo, Patos de Minas, Ituiutaba, Ribeirão Preto (SP) e Goiânia (GO). 

Mesmo com as novas datas e as medidas de segurança que serão adotadas, o vestibular não está 100% assegurado. Segundo Armindo, caso alguma das cidades tenham aumento da incidência da doença novamente, que impossibilite a realização das provas, o certame será suspenso novamente. Essa foi uma condição exigida pelo Congrad para aprovar a mudança.

“A gente aplica a prova dependendo das condições de cada cidade. Na véspera vamos avaliar. Se em uma delas tiver regressão brutal da doença, não vamos aplicar o vestibular. Vamos suspender todo o processo e remarcar novamente. Não dá para aplicar em um lugar e em outro não”.

Com o adiamento do vestibular para dezembro, o Congrad também aprovou a abertura de um novo período de inscrição, que vai de 20 de outubro a 3 de novembro, para, inclusive, atender aqueles alunos que concluíram o ensino médio durante o ano de 2020.


“Estamos com 26 mil inscritos confirmados e vamos abrir um novo período de inscrição, que está publicado no edital, pois muita gente se formou esse ano e que não prestaria a prova anteriormente, mas que agora pode prestar. Estamos abrindo novas oportunidades para as pessoas”.

SEGURANÇA
Para que as provas sejam realizadas, a UFU desenvolveu um protocolo de segurança especial para o vestibular, com aprovação do Comitê da Covid da universidade. Entre as medidas está a abertura de novos acessos aos locais de prova para maior controle sobre o cumprimento das regras sanitárias.

“Vamos medir temperatura de todos os candidatos. Criar um esquema de várias entradas em todos os campi, para não ter acúmulo de candidatos e para poder ter capacidade de medição. Tanto para candidato quanto para quem vai trabalhar, tem o protocolo de segurança, acesso a álcool em gel, máscara e luvas, todo o material manuseado com luvas. Também duplicamos o espaço previsto para o vestibular, para que assim, possamos diminuir o número de candidatos em um mesmo espaço. Então onde tinham 20, agora serão 10”.


 

VEJA TAMBÉM:

Inmet alerta para risco de morte em razão da onda de calor no Triângulo Mineiro


Homens, brancos e com curso superior são maioria entre os candidatos a vereador
 



 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »