06/10/2020 às 10h02min - Atualizada em 06/10/2020 às 10h02min

Chico Humberto desiste da candidatura a prefeito de Uberlândia

PTB sofreu intervenção da executiva estadual e indicou Felipe Attiê para concorrer pelo partido

SÍLVIO AZEVEDO
Ex-deputado tentava concorrer ao pleito pelo PTB | Foto: Arquivo pessoal
O médico e ex-deputado constituinte Chico Humberto desistiu da sua candidatura ao cargo majoritário nas eleições municipais de 15 de novembro pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB). O anúncio foi feito na manhã desta terça-feira (6) em nota enviada à imprensa.

No documento, também assinado pela vice da chapa, a pastora Adriana de Oliveira, Chico afirma que os acontecimentos envolvendo vereadores presos e cassados impulsionou sua vontade de voltar à vida pública, com o objetivo de resgatar a imagem da política uberlandense. Foi quando colocou seu nome à disposição do partido para concorrer ao Executivo Municipal.  

Após alguns meses em pré-campanha, a executiva estadual do PTB fez uma intervenção no diretório municipal, destituindo Chico Humberto como presidente da Comissão Provisória do partido em Uberlândia e indicando o nome do ex-deputado estadual Felipe Attiê. A disputa então foi para a esfera judicial.

“Infelizmente, o jogo político local não mudou em 2020 e o ‘puxão de tapete’ partidário na reta final da pré-campanha, após ser impossível a mudança para outro partido político foi, pasmem, convalidada pelo Judiciário que colocou o Estatuto Partidário acima da própria Constituição da República Federativa do Brasil ao não reconhecer o direito ferido de ampla defesa e do contraditório, comprovado documentalmente através de ofício PTB-MG nº 100/2020”, escreveu o político. 

No último sábado (3), a Justiça Eleitoral confirmou a legitimidade da candidatura de Attiê, resultando na desistência de Chico Humberto. “Poderíamos levar a discussão judicial adiante, mas o povo de Uberlândia já está muito sofrido e não merece mais insegurança jurídica nessas eleições. Por isso e desde já, renunciaremos ao direito de recorrer e não participaremos nesse pleito”, finalizou. 

VEJA TAMBÉM:

 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »