05/09/2020 às 09h30min - Atualizada em 05/09/2020 às 09h30min

Partidos se movimentam para as convenções em Uberlândia

Prazo para realização das reuniões se encerra no dia 16 setembro

SÍLVIO AZEVEDO

O período de realização das convenções partidárias visando as eleições municipais deste ano começou na última segunda-feira (31). Em Uberlândia, os 30 partidos terão até o dia 16 de setembro para definir os nomes dos candidatos a vereador e os rumos que seguirão na disputa majoritária. 

Com as restrições causadas pela Covid-19, que proíbe a aglomeração de pessoas, os partidos podem optar pela realização das convenções de modo virtual, incluindo a produção da ata, registro da lista de presença, cadastro dos candidatos e, em seguida, encaminhar para a Justiça Eleitoral pela internet.

Segundo estimativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deverão ser registradas cerca de 500 mil candidaturas em todo país para as eleições que acontecem nos dias 15 e 29 de novembro.

O primeiro partido a realizar sua convenção em Uberlândia foi o Patriota, na noite da última quinta-feira (3). Neste sábado (5) acontece a do Partido Social Democrático (PSD), que deve confirmar apoio à reeleição de Odelmo Leão (PP) e indicar o vice-prefeito. O nome escolhido será o de Paulo Sérgio Ferreira, que atualmente já ocupa o cargo.

Em entrevista ao site do TSE, o presidente da Corte, ministro Luís Roberto Barroso, ressaltou a necessidade das legendas e candidatos não deixarem a apresentação dos requerimentos de registro de candidatura, cuja data-limite é o dia 26 de setembro, para a última hora, uma vez que a sobrecarga nos dois últimos dias pode gerar transtornos e impedir o envio pela internet.

O Partido Progressista (PP), do prefeito Odelmo Leão, confirmou que realizará sua convenção no dia 15 de setembro, quando oficializará o nome do atual chefe do executivo como candidato à reeleição.

O Diário de Uberlândia procurou os demais partidos e outros 19 confirmaram as datas das respectivas convenções. Desses, nove apoiarão a reeleição de Odelmo Leão (PP). São eles: Democratas (DEM), Partido Liberal (PL), Partido da Mulher Brasileira (PMB), Partido Social Cristão (PSC), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Partido Verde (PV), Patriota, Partido Trabalhista Cristão (PTC) e o Partido Social Democrático (PSD).

O Partido Social Liberal (PSL), Cidadania, Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Podemos, Partido Comunista do Brasil (PC do B), Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU), o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Democrático Trabalhista (PDT), deverão lançar candidatos próprios à prefeito. 

O Solidariedade (SD) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) afirmaram que acompanharão a campanha de Adriano Zago (PDT) ao Executivo. Já Avante, Partido Republicano da Ordem Social (Pros), Partido da Mobilização Nacional (PMN) e Rede Sustentabilidade informaram que o apoio a algum candidato será discutido nas convenções.

Já os representantes do Democracia Cristã (DC), Partido da Causa Operária (PCO), Partido da Mobilização Nacional (PMN), Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) e Republicanos não foram encontrados para confirmar as datas das convenções e o alinhamento político.

JUDICIALIZAÇÃO
Já a escolha do candidato do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) para o Executivo deve terminar na Justiça. Tudo porque o partido pode fazer a troca de nomes. Até então, o pré-candidato oficial é Chico Humberto. 

Porém, segundo o ex-deputado constituinte, as Executivas Nacional e Estadual, sem aviso nenhum, destituíram a Executiva Municipal, a qual era o presidente até o final deste ano, e nomeou o ex-deputado Estadual Felipe Attiê como presidente provisório.

Em nota, Chico Humberto afirma que não foi lhe dada a oportunidade de conhecer os motivos da dissolução da Executiva Municipal e nem o direito ao contraditório e ampla defesa.

“São fatos que nos entristeceram muito, pois o nosso anseio em retornar à política da nossa amada terra era justamente resgatar a dignidade da política local, tão forte e pujante num passado glorioso e tão atacada e vilipendiada por atitudes mesquinhas dos políticos de carreira, como o presente caso”.

O Diário tentou falar com Felipe Attiê, que informou estar fora de Uberlândia e solicitou que a reportagem retornasse a ligação no período da tarde desta sexta-feira (4). Após novas tentativas de contato, as ligações não foram atendidas e passaram a cair direto na caixa de mensagem.


AS CONVENÇÕES
A convenção partidária é uma das etapas mais importantes do processo eleitoral. É nela que o partido político, junto com seus filiados com direito a voto, escolhe os candidatos que disputarão as eleições, de acordo com o estatuto de cada legenda. Também é neste momento que é votada a participação na eleição majoritária, indicando candidatos a prefeitos e vices, vereadores ou ambas.

Entre outras decisões tomadas nas convenções estão as alianças partidárias e a realização do sorteio dos números que os candidatos irão utilizarão na eleição.

 

Partidos que já marcaram suas convenções
Patriota 03/09
PSD 05/09
PL 08/09
PMB 08/09
Avante 11/09
PSDB 12/09
PSTU 12/09
PT 12/09 (podendo remarcar para 15/09)
PTC 12/09
PV 12/09
PCdoB 13/09
PSC 13/09
PSOL 13/09
Cidadania 14/09
DEM 14/09
Pros 14/09
PSB 14/09
PP 15/09
PSL 15/09
PMN 15/09
Podemos 16/09
Rede Sustentabilidade 16/09
 


Partidos que não definiram a data da convenção

MDB

PDT

SD

PTB


Não conseguimos contato

Democracia Cristã (DC)

Partido da Causa Operária (PCO)

Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB)

Republicanos



VEJA TAMBÉM:

• Ex-secretário é ouvido na CPI do Transporte Público em Uberlândia


• Operadoras de planos de saúde geram reclamações de pacientes com autismo

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »