04/08/2020 às 14h45min - Atualizada em 04/08/2020 às 14h45min

O que leva uma pessoa a dependência química e para o alcoolismo

PUBLIEDITORIAL

Quando se fala o que leva uma pessoa a dependência química e para alcoolismo, muitas coisas surgem em nossa cabeça, deixando as coisas não muito específicas de como acontece esse processo de uma pessoa sem a dependência para uma pessoa dependente. O nome dependência trás consigo o conhecimento de uma necessidade incontrolável de usar uma determinada substância, seja ela lícita ou ilícita, que causa distúrbios mentais e físicos.

Quando a dependência tanto de drogas e também do alcoolismo se instala na vida de uma pessoa, acontece o aparecimento de muitas mudanças negativas, e elas se apresentam aos poucos na rotina do dia a dia, em que coisas que se faziam parte da rotina não são mais feitas de acordo com o aumento do vício e com isso levando o surgimento de sequelas de acordo com o nível em que a dependência chega.

No entanto, a dependência química tem cura, o primeiro passo para entender a dependência, é se informar de como tudo isso acontece, é de extrema importância, com isso, essa leitura pode ser de grande importância informativa.

Dependência química é uma doença?

Sim, a dependência química é uma doença, e se encaixa como uma doença crônica, doença essa que pode ser tratada.

O uso de substâncias químicas e de álcool traz mudanças ao longo do tempo, onde reflete primeiramente o comportamento, que fazem o organismo se adaptar às drogas, comportamento esse que leva ao aumento progressivo do uso da substância, tornando o corpo cada vez mais resistente a altas doses.

O usuário quando começa a ter mudanças em seu organismo, torna a dependência um transtorno mental relacionado ao uso de substâncias.

O que pode causar a dependência alcoólica?

Problemas psicológicos: A dependência pode vir com um conjunto de fatores, e o principal deles é o fator psicológico, onde as dificuldades enfrentadas podem ser confundidas, e o uso de substâncias na maioria das vezes é tido como uma forma de fugir dos problemas, e é aí que mora o perigo, grande parte das pessoas se afundam nas drogas e as usam como um meio de diminuir o sofrimento que o adoecimento mental trás.

Problema familiar/biológico: O problema familiar pode ser um dos influenciadores no processo de dependência química, já que a dependência pode ser um fator hereditário, e quando não acompanhado da forma correta o uso de droga pode ser um fator de predisposição e deve ser entendido como um fator de risco.

Problema social: Quando se fala de aspectos sociais, a abrangência acerca desse tema é maior, porém quando se pergunta o que leva o usuário a dependência química o problema social é um dos temas a ser abordado. O problema social começa com um ambiente negativo em casa, que pode favorecer ou facilitar o uso de substâncias dentro de casa, ou até mesmo o local em que se vive, com facilitadores acerca do uso de drogas.

Algumas dessas falas podem acontecer todas ao mesmo tempo, não somente de forma isolada, com isso, se torna cada vez mais perigoso à predisposição ao uso de substâncias químicas e assim se torna a resposta sobre o que leva o usuário a dependência química.

Quais os riscos de uma vida de vícios?

Quando se pensa no que o uso de substâncias pode causar, existe o termo da saúde chamado fatores de risco, onde se mede o que pode acontecer sobre a vida das pessoas que infelizmente são acometidas pela doença que as substâncias trazem a vida das pessoas.

A partir disso, os riscos acontecem principalmente à saúde do usuário alcoólatra, até o problema social, que envolve a família como um todo, gerando momentos difíceis e turbulentos. Com isso, os riscos estão para com a própria vida do usuário como para quem está de em volta, que a todo custo buscam a melhora de quem tanto ama.

Acolhimento do dependente é necessário 

Diante de todos esses pontos, o acolhimento em clínicas de recuperação é de extrema importância na vida de um dependente, onde o ato de garantir o sentimento de segurança, amor e carinho é de extrema importância na vida de quem está sobre a doença do vício, com isso, a busca pelo reconhecimento da doença e a busca do tratamento se tornam cada vez mais alcançáveis , garantindo novamente uma vida saudáveis para pessoas que sofrem com dependência química.

 Explore todas as localidades de nossas clínicas de recuperação:
Acre
Alagoas
Amapá
Amazonas
Bahia
Ceará
Distrito Federal
Espírito Santo
Goiás
Maranhão
Mato Grosso
Mato Grosso do Sul
Minas Gerais
Pará
Paraíba
Paraná
Pernambuco
Piauí
Rio de Janeiro
Rio Grande do Norte
Rio Grande do Sul
Rondônia
Roraima
Santa Catarina
São Paulo
Sergipe
Tocantins

Vale a pena conhecer e entender o funcionamento da mesma, basta apenas entrar em contato ainda hoje e por fim agendar uma visita!

Tratamento

Internação

 
Para conhecer tratamentos completos para dependentes químicos, procure a nossa equipe do Guia Clínicas de Recuperação e converse com a nossa equipe!

Leia também:

Posso ser internado contra minha vontade?
Internação Involuntária é Legal?
Clínica para Dependentes Químicos Valor
Como internar uma pessoa involuntariamente
Quanto tempo dura o tratamento para dependentes químicos
Tratamento Involuntário
Clínica de Recuperação Gratuita
Remédio caseiro para dependentes químicos
Leia mais em nosso Guia de Clínicas de Recuperação artigos que te ajudarão a fazer um tratamento adequado.

Vale lembrar que contamos com clínicas de dependentes químicos em todo Brasil.




Podemos ajudar?




* Esta publicação é de responsabilidade do anunciante e não representa, necessariamente, a opinião do Diário de Uberlândia.










 

 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »