24/07/2020 às 12h14min - Atualizada em 24/07/2020 às 12h14min

​Rede municipal retoma atendimentos ambulatoriais de forma gradual em Uberlândia

Consultas ocorrerão com hora marcada e respeitando medidas de segurança; MP havia cobrado retorno dos procedimentos após pedido de conselheiros

DA REDAÇÃO
Consultas são iniciadas em unidades da região sul da cidade no primeiro momento | Foto: PMU/Divulgação
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou que retomou gradualmente, nesta semana, os atendimentos ambulatoriais na rede municipal de saúde que estavam suspensos há cerca de quatro meses. A suspensão dos atendimentos ocorreu após deliberação do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 como uma das medidas para evitar o contágio da doença. 

O assunto já havia sido levado ao Ministério Público Federal (MPF) pelos conselheiros municipais de saúde dos setores Oeste, Norte e Centro, Tânia Lúcia dos Santos, Gerson Rafael Mota e Eliane Ferreira, que defenderam que a população não poderia ficar desassistida. 

No documento, o grupo pedia a retomada dos atendimentos, incluindo consultas, exames e cirurgias em todas as especialidades, a priorização do atendimento a pacientes que tiveram procedimentos suspensos ou cancelados, assim como a não suspensão ou cancelamento de atendimentos oncológicos e cardíacos.

A Procuradoria da República então expediu uma recomendação à Prefeitura de Uberlândia e também ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU) para que apresentassem um cronograma para retomada de cirurgias eletivas e atendimentos ambulatoriais na rede pública. Contudo, não obteve resposta e uma ação civil deverá ser ajuizada. 

Nas informações repassadas à imprensa, o Município esclarece que a retomada ocorre a partir da indicação de uma possível estabilização do contágio do novo coronavírus na cidade. No entanto, não é informada previsão para retorno da realização de exames, cirurgias e nem sobre os atendimentos em outras regiões da cidade.

Em nota ao Diário, a direção do HC-UFU disse que está planejando, junto ao Comitê de Enfrentamento à Covid-19 do HC-UFU, a retomada dos atendimentos eletivos. O cronograma deve ser anunciado na próxima semana. 

"Ressaltamos que, desde o início da pandemia, seguindo as orientações do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, estão sendo realizados atendimentos de urgência e emergência e os eletivos oncológicos, cardiovasculares, além de outros considerados essenciais, de acordo com a avaliação da equipe técnica", informou.


ATENDIMENTOS  
Atualmente, são mais de 30 especialidades ofertadas na rede pública. Anteriormente, as consultas eram realizadas nos ambulatórios das Unidades de Atendimento Integrado (UAIs) e no Centro de Oftalmologia (Case). Com o início da pandemia, elas foram suspensas para evitar a circulação de pessoas nas unidades.
 
Com a estabilização do contágio, a SMS está retomando gradualmente os atendimentos como consultas com hora marcada, limite de atendimentos por dia para cada profissional, e em locais que não tenham fluxo grande de atendimentos. Neste primeiro momento, a prioridade de marcação é para os pacientes que estavam com os as consultas agendadas e foram cancelados com o início da pandemia.
 
Os atendimentos das especialidades de cardiologia, dermatologia, neurologia, angiologista, ortopedista e otorrinolaringologia que aconteciam no ambulatório da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro São Jorge serão feitos no Centro Educacional do bairro, que fica na rua Antônio Paiva Catalão, 725, bem próximo à unidade de saúde.  
  
O atendimento de oftalmologia permanecerá na UAI São Jorge, devido aos equipamentos para realização dos exames instalados na unidade. Além disso, na próxima segunda-feira (27), também serão retomadas as consultas no Centro de Oftalmologia (Case).
 
As consultas com outros especialistas que aconteciam também nos outros ambulatórios das outras UAI serão redirecionados, aos poucos, para as Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) e Unidade Básica de Saúde (UBS). A expectativa é de que todos os atendimentos comecem na próxima semana.

VEJA TAMBÉM: 


 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »