29/06/2020 às 12h39min - Atualizada em 29/06/2020 às 12h39min

Município de Uberlândia realiza sanitização em cerca de 180 locais públicos

Serviço ocorre em espaços onde há maior concentração de pessoas e vias públicas

DA REDAÇÃO
Procedimento deve seguir até final da pandemia, de acordo com a Prefeitura | Foto: PMU/Divulgação
A Prefeitura de Uberlândia está realizando a higienização e sanitização de locais públicos na cidade. Os serviços, de acordo com o Município, têm sido executados em pelo menos 180 espaços públicos e também vias nos bairros. 

A higienização está sendo feita pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae) desde o dia 27 de março. São utilizados dois caminhões-pipas, com capacidade de 15 mil litros cada. A solução conta com água e hipoclorito de sódio na concentração 0,5%. 

O procedimento é realizado no período noturno, após às 19h, e no terminal central após o fechamento. Para o atendimento, são utilizadas duas equipes do Dmae; uma equipe do Exército, às terças e quintas-feiras, e três equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) com bombas costais. De acordo com a Prefeitura, a previsão é que a higienização siga até o final da pandemia.  

Ainda segundo o Município, a higienização contempla outros 126 espaços públicos, que são: todas as unidades de saúde da rede municipal, Delegacia de Plantão Bairro Marta Helena, Companhia do Corpo de Bombeiros, terminais de ônibus, terminal rodoviário, Hospital do Triângulo, Hospital Santa Genoveva, Praça da Bíblia, Praça Adolfo Fonseca, Praça Clarimundo Carneiro, Praça Tubal Vilela, avenida Afonso Pena da praça Tubal Vilela até a avenida João Pessoa (corredor de lojas), sede da Ciretran no bairro Jardim Patrícia, Mercado Municipal, ponto de táxi em frente ao anexo Santa Catarina e Secretaria Regional de Saúde (SRS).

SANITIZAÇÃO
No dia 21 de maio, a Prefeitura iniciou uma nova técnica de higienização de ruas e locais públicos com um produto sanitizador chamado de quaternário de amônia 5ª geração. Segundo o Município, o uso da substância é aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e foi utilizado em cidades chinesas, europeias e em metrópoles brasileiras. 

O agendamento é elaborado semanalmente, de acordo com análise técnica da Secretaria Municipal de Saúde feita a partir de avaliação de mapas de calor detectados por drones e mapa epidemiológico para avaliar o número de casos positivos em cada região. 

O serviço foi contratado por seis meses e é executado por uma empresa terceirizada, contratada pela Secretaria Municipal de Saúde. A logística de execução é definida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Urbanos, que, segundo a Prefeitura, acompanha a execução do serviço.

A aplicação do sanitizador está sendo feita com 20 bombas costais automatizadas e dois tratores no período noturno. As áreas são escolhidas a partir de imagens feitas por drones que mapeiam locais de maior concentração de pessoas. Ainda segundo a Prefeitura, as vias públicas também estão sendo higienizadas.

A ação atende terminais e estações do transporte público, rodoviária, praças e centros comerciais à noite ou em horários de menor fluxo de pessoas. Com utilização de drones, são analisadas as vias municipais a fim de determinar as rotas e escalas do serviço.

Até o momento, o serviço já passou pelo Centro Administrativo Virgílio Galassi, Parque do Sabiá, Parque Siquierolli, Parque Gávea, Parque Santa Luzia e em 53 bairros de todas as regiões. 
















 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »