13/04/2020 às 08h25min - Atualizada em 13/04/2020 às 08h25min

Hospital Santa Catarina volta a funcionar nesta terça-feira (14) em Uberlândia

Local será destinado ao tratamento contra a Covid-19; 20 mil testes rápidos devem chegar ao município nesta semana

DA REDAÇÃO
Hospital será utilizado como anexo do Hospital e Maternidade Municipal | Foto: Divulgação/PMU

O Hospital Santa Catarina voltará a funcionar nesta terça-feira (14) em Uberlândia. Após a realização de reparos e higienização do local, o anexo passará a atender pacientes que necessitem de cuidados especiais contra o novo coronavírus. Neste domingo (12), o prefeito Odelmo Leão apresentou o espaço à imprensa e autoridades do município e anunciou a compra de 20 mil testes rápidos para ajudar no combate contra a Covid-19.
 
O hospital será utilizado como anexo do Hospital e Maternidade Municipal. Desta forma, os atendimentos não serão de porta aberta, mas sim para cidadãos uberlandenses a partir de encaminhamentos feitos pela Central de Regulação da rede municipal. Ao todo, serão disponibilizados no primeiro momento 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 66 de enfermaria.
 
A reforma do local começou logo após a publicação no Diário Oficial do Município (DOM), no dia 23 de março, do requerimento para utilização da estrutura no combate ao vírus. Diante do cenário pandêmico, o prefeito Odelmo Leão fez a solicitação para tentar minimizar os impactos causados pela enfermidade. “A estrutura estava parada e, diante do cenário de urgência, identificamos a possibilidade de reativá-la para garantir mais leitos de UTI no tratamento de possíveis complicações do coronavírus”, disse.
 
Fechado há quatro anos, o hospital Santa Catarina passou por reparos estruturais e elétricos, limpeza e higienização dos leitos, pinturas e a recuperação de vários materiais e equipamentos indispensáveis para o funcionamento das UTIs, como respiradores, monitores, raio-x portátil e toda a central de gases. Houve ainda o reparo do aparelho de tomografia, bastante utilizado para avaliar casos da Covid-19.
 
Todos os leitos nas UTIs contam com ventiladores. Com um setor específico para atender pacientes com o vírus, haverá uma racionalização no uso de equipamentos de proteção individual. Além disso, serão liberados leitos do Hospital Municipal para receber pacientes com outras enfermidades, uma vez que o Santa Catarina será destinado ao tratamento contra o coronavírus.
 
TESTES RÁPIDOS
A Prefeitura de Uberlândia anunciou a compra de 20 mil testes rápidos que serão aplicados nos casos suspeitos. A expectativa é que todos eles sejam entregues ainda nesta semana. Os testes rápidos realizam dois tipos de análise: o IGM, que verifica a fase aguda da doença e o IGG, que aponta se o indivíduo teve a Covid-19 e se já está imunizado.
 
Segundo uma projeção realizada pela Prefeitura, a cidade poderá ter mais de 46 mil casos suspeitos da enfermidade até junho. O prefeito Odelmo Leão reforçou a necessidade de toda a população ficar em casa devido ao alto índice de transmissibilidade do vírus. “Quando começamos as providências de afastamento, o pico estava em torno de 30% por dia, agora reduzimos para 5% e temos de manter essa redução. O pequeno alívio que temos hoje não significa que estamos fora do mal. Ele está aí, e se descumprirmos as regras teremos um futuro não muito bom. Minha recomendação é que cada um faça sua parte”, finalizou Leão.

























 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »