19/03/2020 às 08h10min - Atualizada em 19/03/2020 às 11h22min

Mais de 1.800 jovens devem ir às urnas pela primeira vez em Uberlândia

Mesmo sem obrigatoriedade, pessoas com 16 e 17 anos poderão votar

BRUNA MERLIN
Primeiro turno das eleições 2020 acontecerá no dia 4 de outubro | Foto: Folhapress
Mais de 1.800 jovens entre 16 e 17 anos de idade devem votar pela primeira vez nas Eleições Municipais 2020 em Uberlândia. O número representa 0,38% do eleitorado uberlandense, mas deve crescer, já que o prazo de alistamento vai até o dia 6 de maio.

Segundo o analista judiciário do Cartório Eleitoral, Leandro Figueiredo, o levantamento coletado até fevereiro de 2020 mostra que a procura pela realização do título de eleitor está sendo maior entre os jovens de 17 anos que contabiliza 1.453 pessoas. Já o quantitativo de pessoas com 16 anos é de 364. A nível estadual, mais de 126 mil jovens devem ir às urnas pela primeira vez neste ano.

Os eleitores dessa faixa etária ainda têm voto facultativo, isto é, não são sofrem nenhuma sanção se deixarem de votar. Por isso, para esses jovens, tirar o título é uma escolha que pode ser cumprida somente aos 18 anos quando a obrigatoriedade de voto é exigida.

É pensando justamente nesse público, que está começando a exercer o direito voto e a participar ativamente na escolha dos representantes políticos, que a Justiça Eleitoral criou a Campanha Jovem Eleitor. A ação que começou em março vai até o dia 9 de abril.

 
“Trata-se de uma conscientização para a importância de participar do processo eleitoral mesmo que não seja obrigatório. A campanha será divulgada em rádios, TVs e através de spots e propagandas feitas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE)”, explicou Leandro.

O primeiro turno das eleições 2020 acontecerá no dia 4 de outubro. Eleitores de municípios com segundo turno terão que voltar às urnas no dia 25/10.
 
Regularização de título
Atualmente, Uberlândia tem quase 484 mil eleitores cadastrados. Desses, aproximadamente 75 mil títulos estão cancelados por falecimento e diversas irregularidades como a falta de justificativa da não votação por três vezes consecutivas. Além disso, 42 mil eleitores que não fizeram a biometria na cidade.

Os eleitores têm até o dia 6 de maio para normalizar o documento cancelado. Caso o processo não seja feito no prazo, a pessoa fica impossibilitada de contratar serviços como matrícula em faculdades, se inscrever em programas para conseguir casa própria e tirar passaporte. 
 
CORONAVÍRUS
Devido à pandemia mundial do novo coronavírus, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG) determinou a suspensão dos agendamentos e atendimentos presenciais ao eleitor até o dia 7 de abril em todos os cartórios eleitorais do estado. O prazo pode ser prorrogado dependendo da situação nas próximas semanas.

Os agendamentos de serviços podem continuar sendo feitos pelo site do TRE-MG. É aconselhado que os eleitores marquem para depois do prazo estabelecido pelo Tribunal.

Assim que a situação for normalizada, os jovens eleitores que precisam fazer o alistamento ou aqueles que devem regularizar o título de eleitor poderão procurar novamente o atendimento e agendamento presencial do Cartório Eleitoral de Uberlândia, localizado na avenida Vasconcelos Costa, nº 1646, bairro Osvaldo Resende.











 



 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »