17/03/2020 às 14h40min - Atualizada em 17/03/2020 às 14h40min

Incidência de dengue já é considerada média em Uberlândia

Cidade tem 771 casos prováveis da doença; Minas Gerais registrou mais de 30 mil notificações neste ano

BRUNA MERLIN
O assunto e a preocupação do momento é a contaminação do novo coronavírus, mas não podemos deixar de falar sobre a dengue que atinge o Brasil todos os anos com números alarmantes. Em Uberlândia, a taxa de incidência da doença já é considerada média, sendo 112,84 casos prováveis a cada 100 mil habitantes, segundo o boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG). 

De acordo com o levantamento, desde a última semana até esta terça-feira (17), mais de 100 novos casos prováveis foram notificados na cidade. O número saiu de 672 para 771 desde o último levantamento. Até o momento, não há óbitos pela enfermidade transmitida pelo mosquito Aedes aegypti no município.

A situação em Minas Gerais também é preocupante. São 30.729 casos suspeitos de dengue. Foram registradas duas mortes da doença nas cidades de Medina e Carneirinho. Dezessete óbitos seguem em investigação no estado.

Os casos de febre chikungunya e zika também seguem crescendo em Minas, sendo 2.776 e 206 notificações, respectivamente. Em relação à chikungunya, o primeiro óbito foi confirmado em Patos de Minas, no Alto Paranaíba, e existe um em investigação. Até o momento, não há mortes relacionadas à zika.

Em Uberlândia, existe um caso provável de chikungunya. Já em relação à zika, são dois casos notificados na cidade até agora. 






















 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »