30/08/2019 às 15h26min - Atualizada em 30/08/2019 às 15h26min

Casal suspeito de chefiar quadrilha da "amarelinha do Dom" é preso em Uberlândia

Ação ocorreu nesta quinta (29) em continuidade às diligências da operação Overdose

BRUNA MERLIN
Ação começou a ser deflagrada na última quarta (28) e as investigações continuam | Foto: Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil de Uberlândia, em continuidade às diligências da operação Overdose, prendeu nesta quinta-feira (29) o  jovem apontado como chefe da organização criminosa que pratica tráfico de drogas na região do bairro Dom Almir. A esposa dele, de 22 anos, também foi detida.

O casal foi encontrado em uma residência do bairro Santa Maria e recebeu voz de prisão durante o cumprimento de mandado judicial. A prisão já havia sido decretada na operação, contudo, os alvos se encontravam foragidos. O suspeito de 24 anos e a companheira são investigados por comandar a quadrilha conhecida por vender cocaína na região chamada de “amarelinha do Dom”.

A operação Overdose foi deflagrada na última quarta-feira (28) com o objetivo de combater o tráfico de drogas e também os crimes contra o patrimônio como roubos, furtos e latrocínios. No decorrer das atividades, realizadas por mais de 160 policiais civis e militares, 16 pessoas foram detidas durante cumprimento de mandados e em flagrante.

Mais de R$ 10 mil foram apreendidos junto a 16 veículos, entre motos e carros, 40 aparelhos celulares, além de sete CPUs e três notebooks. Entre os objetivos da operação estava o levantamento de mais informações sobre o grupo.

O grupo fabricava a droga e mantinha um esquema de distribuição para vendedores diretos e indiretos. Ao todo, 27 pessoas envolvidas foram identificadas e parte delas foi presa nesta quarta, incluindo lideranças da quadrilha.

O casal preso ontem já foi encaminhado para o Presídio Professor Jacy de Assis. As investigações continuam a fim de deter outros membros da quadrilha.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »