23/01/2019 às 07h42min - Atualizada em 23/01/2019 às 07h42min

Inscrições para o Sisu estão abertas

FERNANDA PARANHOS
Armindo Quillici Neto, pró-reitor de graduação da UFU, acredita que mudança deve gerar mais vagas ociosas | Foto: Fernanda Paranhos
A inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vão até sexta feira (25). Obrigatoriamente, apenas candidatos que já fizeram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e que não tiraram nota zero na redação, podem se inscrever. O Sisu habilita o ingresso a universidades públicas de todo o País. São 235.461 vagas disponíveis.

No momento da inscrição, o candidato pode escolher passar pelo processo seletivo de até duas universidades. Além disso é dada a opção de escolha de dois cursos. Diferentemente das edições anteriores, a partir do Sisu 2019, não será permitido que haja concorrência de duas vagas ao mesmo tempo, caso a aprovação de um dos cursos escolhidos tenha sido divulgada primeiro. Por exemplo: o candidato escolhe as graduações em medicina e odontologia. A nota do curso de odontologia é suficiente para o ingresso, assim, a matrícula é feita e, automaticamente, a possibilidade de ingresso em medicina, mesmo se houver uma chamada futura, é eliminada.

Esta determinação é do Ministério da Educação (MEC) e parte do pressuposto de que agiliza o processo de matrículas e mantém alinhados os calendários acadêmicos. Segundo o pró-reitor de graduação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), Armindo Quillici Neto, este novo processo traz benefícios, mas pode diminuir a procura pelos cursos. “O candidato fica impossibilitado de tentar [outros cursos]. Pode haver uma diminuição de procura porque o aluno poderia vir para cá numa terceira ou quarta chamada, mas ele já terá feito a sua opção. Agiliza o processo, mas para a locação das vagas pode ser um limitador, talvez fiquemos com vagas ociosas em número maior”, explica o pró-reitor.
 
UFU
 
Na UFU serão oferecidas 3.219 vagas para 94 cursos nos sete campi da universidade. Em Uberlândia são os campus Santa Mônica, Umuarama, Educação Física e Glória. Na região estão nas cidades de Monte Carmelo, Ituiutaba e Patos de Minas.

O ingresso pelo Enem/Sisu foi aderido pela UFU em 2013 e acontece sempre no primeiro semestre. No segundo, há o vestibular tradicional, gerenciado pela universidade. O pró-reitor acredita que este tipo de processo seletivo ampliou a diversidade e o acesso ao ensino superior público. “O Sisu faz parte de uma regulação universal de ingresso, parte de uma política de expansão da universidade. Na minha opinião ele ajuda a trazer mais alunos para a universidade, melhoramos em número, cursos que tinham baixa procura, aumentou significativamente o número de alunos e isso é um benefício. Atrai alunos de regiões diferentes, com culturas diferentes, então se tem uma universidade mais plural”.
 
Como em todas instituições de ensino público do Brasil, as vagas disponíveis são separadas pela metade: 50% para ampla concorrência e 50% para cotas. A Lei 12.711 de 2012 determina o ingresso por cotas para candidatos que tiveram toda a vida escolar decorrente de escola pública (condição de pré-requisito); para os que se autodeclaram pretos, pardos e indígenas (PPI); pessoa com deficiência (PCD) e com renda familiar declarada e comprovada de até um salário mínimo e meio. Em números, significa que haverá no presente processo seletivo 1.618 vagas separadas para ingressantes por cotas.

Se aprovado, no momento da matrícula, o candidato passa por uma comissão avaliadora que vai de acordo com a modalidade da cota. Armindo Quillici faz um alerta para as especificidades deste processo para que não haja equívocos. “O candidato que escolhe o ingresso por cotas tem será avaliado. Até 2016 não havia a comissão, hoje tem. Se [o que for declarado] não for confirmado pela comissão, ele é desclassificado, perde a vaga”, reforça. A comissão avaliadora é formada por professores, alunos da instituição e servidores. Todos passam por uma formação específica para participarem das avaliações. De acordo com pró-reitor da UFU este trabalho é ágil, dura em torno de dois dias e não afeta o calendário de aulas que estão marcadas para começarem no dia 11 de março.
Detalhes do edital, calendário acadêmico, de cotas, e outras informações sobre o Sisu e a UFU estão disponíveis no site: www.ingresso.ufu.br/sisu.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »