03/08/2018 às 08h34min - Atualizada em 03/08/2018 às 08h34min

Nova tecnologia permite eliminar interferência

Digitalização do sistema da PM proporciona maior segurança nas comunicações entre os militares e principalmente à sociedade

CAROLINA PORTILHO | REPÓRTER
Equipamentos estão instalados nas viaturas, em pontos fixos da PM e são de uso dos militares | Foto: Valter de Paula/Secom/PMU
A captação por terceiros da frequência dos rádios comunicadores da Policia Militar (PM) não é mais possível com a nova tecnologia já em uso pelo efetivo de Uberlândia. O anúncio do sistema de comunicação digital aconteceu na tarde desta quinta-feira (3) e em breve será implantado nos sete municípios que integram a 9ª Região da Polícia Militar (RPM).

A rede de radiocomunicação da PM, que passou de analógica para digital, está sendo tratada como um avanço tecnológico para as comunicações operacionais da corporação, oferecendo maior segurança nas comunicações entre os militares e principalmente para a sociedade. Uberlândia é a segunda cidade de Minas Gerais a contar com o novo sistema, implantado há um ano na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

“São três pilares importantes que o sistema digital oferece: qualidade da comunicação, segurança da comunicação e gestão das viaturas, já que todos os rádios contam com GPS, sendo possível fazer o rastreamento. Não temos mais interferência de terceiros, além disso a comunicação entre nosso efetivo é mais limpa, com maior fluidez”, disse o coronel Cláudio Vitor, comandante da 9ª RPM.

Em Uberlândia, o sistema digital foi implantado no fim de julho e a próxima cidade a receber o investimento será Araguari, com previsão de ocorrer ainda esse mês. As demais cidades que pertencem à 9ª RPM também serão contempladas com a tecnologia. São elas: Tupaciguara, Araporã, Indianópolis, Estrela do Sul, Gurinhatã e Cascalho Rico.

Nessa fase, o investimento para a implantação do sistema foi da ordem de R$ 2,5 milhões, fruto de uma parceria entre o Ministério Público Estadual, Ministério Público do Trabalho – mediante Termos de Ajustamento de Conduta - e Prefeitura. Foram adquiridos 438 rádios comunicadores, sendo 309 de uso dos policiais e 129 que foram instalados nas viaturas e postos fixos da PM.

“É um marco histórico para Uberlândia, pois somos a segunda de Minas a ter esse sistema, que reflete diretamente na nossa comunidade, que se sentirá mais protegida. O grande avanço também é que a tecnologia é totalmente segura, uma vez que a criptografia é praticamente impossível de ser ouvida por terceiros, por criminosos, por pessoas não autorizadas pela polícia”, reforçou o comandante.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »