21/02/2018 às 17h18min - Atualizada em 21/02/2018 às 17h18min

Visita

ADEMIR REIS | COLUNISTA
Foto: Divulgação

O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, P. Michael McKinley (foto), fará uma visita a Uberlândia no dia 8 de março, para a inauguração oficial do Centro Binacional Casa Thomas Jeferson, escola de inglês de Brasília que começa aqui sua expansão. O investimento foi de US$ 2 milhões.
 
DOBRADINHA
Será mesmo no dia 15 de março, quinta-feira, o encontro conjunto dos pré-candidatos ao governo de Minas, Márcio Lacerda (PSB) e Dinis Pinheiro (PP), em Uberlândia, em um grande evento político que acontecerá no plenário da Câmara de Vereadores. Juliano Modesto (SD) é quem está organizando.
 
DE OLHO NO VICE
Segundo esta coluna apurou, tanto Márcio Lacerda, quanto Dinis Pinheiro, que devem somar numa só candidatura,  estão “namorando” Odelmo Leão (PP) para a vice-governadoria. Se o conheço bem, não vai mas é de jeito nenhum. Agora, chamem-no para o cargo majoritário para ver. Bate o PT de 10 a 0.
 
ELEIÇÕES 2018
O TRE-MG lançou uma página na internet com várias informações referentes às eleições de 2018. Nela, podem ser consultados dados sobre estatísticas dos pleitos anteriores, normas que vão regular a disputa, consulta sobre a situação do título de eleitor e local de votação.
 
PESQUISAS
Também é possível ter acesso ao sistema de registro de pesquisas eleitorais para as eleições de 2018 e se inscrever como mesário voluntário. Além disso, há um resumo das principais alterações promovidas pela reforma política e seus impactos para o pleito de 7 de outubro.
 
SOBE
Na sessão ordinária de terça-feira passada, vereadores de Uberlândia aprovaram o envio de Moção de Repúdio ao governador Pimentel, em razão à omissão inconstitucional de Minas no descumprimento do repasse aos Municípios mineiros das parcelas que lhes é devida a título de participação nas arrecadações.
 
DESCE
O Governo de Minas mais uma vez mente ao dizer em nota que não há atrasos de repasses ao município de Uberlândia, quando na verdade faltam ser depositados nos cofres da Prefeitura mais de R$ 90 milhões, entre repasses de IPVA, ICMS e custeio da saúde. Alguns desses recursos em atraso desde o ano de 2017.
Relacionadas »
Comentários »