05/07/2022 às 08h50min - Atualizada em 05/07/2022 às 08h50min

Influenza: 96 mil pessoas já garantiram a imunização contra a gripe em Uberlândia

Grupos prioritários ainda estão abaixo da meta de vacinação na cidade; imunização segue estendida a toda a população

REDAÇÃO I DIÁRIO DE UBERLÂNDIA

Desde a permissão de vacinar a população em geral contra a gripe, 6,8 mil doses do imunizante foram aplicadas em Uberlândia. Segundo a Prefeitura, 96 mil pessoas já receberam a vacina que protege contra os três tipos do vírus influenza. A vacinação está sendo realizada nas 65 salas de imunização do município. 

Os integrantes dos grupos prioritários também podem procurar as unidades de saúde para garantir as doses. Até o momento, 48% dos idosos, 26% das crianças, 27% das gestantes e 50% das pessoas com comorbidade estão vacinadas. A meta é atingir 90% de cobertura.         

A coordenadora do Programa de Imunização, Claubia de Oliveira, destaca que a vacina está disponível nas salas de vacina do município, mas somente enquanto durarem os estoques. “Podem procurar as salas de vacinas pessoas com idade entre 6 e 59 anos. Quanto mais pessoas protegidas, menos complicações e internações provocadas pela doença teremos. Por isso, a hora de vacina é agora, principalmente porque a vacinação acontece enquanto durarem nossos estoques”.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram

LOCAIS DE VACINAÇÃO
Em Uberlândia, a vacinação ocorre em todas as salas de vacinação do município. Nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) o atendimento acontece das 8h às 18h e nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) das 7h30 às 16h30. 

Nas salas de vacina das Unidades de Atendimento Integrados (UAIs) o atendimento acontece das 8h às 20h. A lista dos locais pode ser conferida neste link.

COVID-19
As vacinas covid-19 poderão ser administradas de maneira simultânea ou com qualquer intervalo com as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação, na população a partir de 12 anos de idade. No entanto, é importante que seja priorizada a administração da vacina Covid-19, para as crianças de cinco a 11 anos de idade contempladas nos grupos prioritários para a influenza. Nestas situações, deve-se agendar a vacina influenza, respeitando o intervalo mínimo de 15 dias entre as vacinas.

 

VEJA TAMBÉM:


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »