13/05/2022 às 16h04min - Atualizada em 13/05/2022 às 16h04min

Uberlândia tem mais de 4,2 mil jovens, de 16 e 17 anos, aptos a votar

Neste ano, mais de 2,8 mil jovens da faixa etária tiraram o primeiro título; ao todo, a cidade tem 15 mil novos eleitores

SÍLVIO AZEVEDO | DIÁRIO DE UBERLÂNDIA
Ao todo, a cidade tem 15 mil novos eleitores neste ano | Foto: Agência Brasil
Mais de 2,8 mil jovens, de 16 e 17 anos que ainda não são obrigados a participar das eleições, tiraram o primeiro título de eleitor neste ano em Uberlândia, conforme apontam dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Com isso, atualmente, a cidade tem 4.211 pessoas da faixa etária aptas a votar, sendo um número 215% maior do que o registrado em dezembro de 2021, quando o município tinha 1.334 jovens alistados. 

Ao todo, incluindo pessoas de outras idades, o município ganhou 15 mil novos eleitores entre o período de janeiro a abril deste ano. Com a atualização, o Diário de Uberlândia questionou o TRE-MG sobre a quantidade de pessoas da cidade que estão aptas a contribuir com as Eleições 2022, mas o órgão informou que o eleitorado total estará disponível apenas no mês de julho. 

Além da retirada do primeiro título, foram realizadas 11.356 transferências, 8.423 revisões e 58 segundas vias retiradas no Cartório Eleitoral de Uberlândia durante janeiro e abril deste ano. 

MINAS E BRASIL
O número de jovens uberlandenses com primeiro título seguiu tendência estadual e nacional. Em Minas Gerais, o aumento foi de 157%, saltando de 53.754 para 138.167. No Brasil, entre janeiro e abril, foram mais de 2 milhões de novos eleitores com idade entre 16 e 18 anos.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), houve um aumento de 47,2% em relação ao mesmo período de 2018 e de 57,4% em relação aos quatro primeiros meses do ano em 2014, períodos em que houveram eleições no país. Os números refletem a campanha da Justiça Eleitoral durante a Semana Jovem Eleitor, em março.

Em março deste ano, o Brasil contou com o ingresso de 522.471 novos eleitores de 16 a 18 anos. Em abril, houve um aumento de 89,7%, com 991.415 jovens com o primeiro título.

Outro fator que favoreceu o aumento da retirada de títulos por parte dos adolescentes foi o engajamento de artistas. Personalidades como Anitta, Juliette, Zeca Pagodinho, Whindersson Nunes têm incentivado em suas redes sociais a inscrição de jovens como eleitores. Os atores Mark Ruffalo, Leonardo DiCaprio e Mark Hamill também utilizaram as redes sociais para incentivar os jovens a participarem das eleições.

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »