13/01/2022 às 14h31min - Atualizada em 13/01/2022 às 14h31min

Estado confirma notificação de um caso de Flurona em Uberlândia

Caso é resultado da coinfecção por Covid-19 e Influenza; outras notificações foram registradas em nove cidades de Minas Gerais

DA REDAÇÃO
Ainda de acordo com a SES-MG, não foram notificados óbitos associados aos casos reportados | Foto: Ministério da Saúde

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) confirmou, nesta quinta-feira (13), a notificação de um caso de coinfecção por Covid-19 e Influenza, conhecida por Flurona, em Uberlândia. Também foram confirmados outros 14 casos em nove municípios de Minas Gerais.

 

Até o momento, os casos foram reportados em: Araxá (1), Belo Horizonte (1) Ipatinga (1), Itamonte (1), Juiz de Fora (5), Monte Carmelo (1), Poço Fundo (2), São Lourenço (1) São Sebastião do Paraíso (1) e Uberlândia (1).

 

Ainda de acordo com a SES-MG, não foram notificados óbitos associados aos casos reportados. A Secretaria disse ainda que acompanha a evolução dos casos e aguarda orientações técnicas do Ministério da Saúde para conclusão da investigação. 

 

A Secretaria esclareceu ainda que, antes da pandemia da Covid-19, não era raro haver a detecção laboratorial simultânea do Influenza e outros vírus respiratórios (vírus sincicial, rinovírus, dentre outros), conforme observado na rotina da Vigilância Sentinela da Síndrome Gripal (SG).

 

“Muitos dos vírus respiratórios compartilham não apenas da mesma sazonalidade, mas de vias de transmissão semelhantes, logo, a exposição simultânea a dois agentes distintos pode ocorrer ao mesmo tempo ou em momentos muito próximos, causando uma coinfecção”, constou a Secretaria.

 

No contexto da pandemia da Covid-19 começaram a ser identificados os primeiros casos de coinfecção causadas pelos vírus Influenza e Covid-19 no Brasil, em um momento em que a circulação de ambos se mostra intensa. As implicações dessa coinfecção específica, como quadro clínico, gravidade, duração e complicações, ainda estão sendo estudadas ao redor do mundo.

 

Por fim, a SES-MG ressaltou a importância de se manter os protocolos sanitários tanto para Covid-19 quanto para influenza: lavagem constante das mãos, uso de máscara, distanciamento social e vacinação.

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »