28/10/2021 às 09h07min - Atualizada em 28/10/2021 às 09h07min

Mais de 160 animais de grande porte foram apreendidos em Uberlândia neste ano

Segundo balanço da Prefeitura, quantitativo ultrapassa em 51% o número de apreensões de 2020

DA REDAÇÃO
Animais recebem alimentação, abrigo e cuidados veterinários I Foto: SECOM/PMU/DIVULGAÇÃO
Desde o início do ano, o Curral Municipal em Uberlândia registrou o recolhimento de 161 animais. O quantitativo é 51% maior do que registrado em 2020. Dentre as apreensões, 116 animais foram devolvidos para os proprietários, 17 foram doados e 16 ainda se encontram no curral, sendo que três estão em tratamento de saúde.
 
Segundo a Prefeitura, no primeiro semestre de 2020 o Curral Municipal registrou o recolhimento de 34 animais, sendo 32 equinos, um bovino e um muar (mula). Todos os animais apreendidos são alojados no setor, onde recebem alimentação, abrigo e cuidados veterinários específicos até que o proprietário seja encontrado e manifeste o desejo de reapropriação.
 
Quando o proprietário não é encontrado, o animal é encaminhado ao Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).
 
COMO FUNCIONA
Caso identifique algum animal solto na rua, a população pode comunicar a Prefeitura pelos telefones (34) 3239-2629 ou (34) 3239-2773 informando a localidade. Após o aviso, os agentes municipais vão até o endereço indicado e executam o correto manuseio e transporte dos animais.
 
MULTA
O Serviço de Apreensão de Animais é resguardado pelo Código de Postura do município (Lei 10.741/11). Conforme a lei, os animais encontrados nas ruas, praças, estradas e caminhos públicos serão recolhidos pela Secretaria Municipal de Agronegócio, Economia e Inovação e encaminhados para o Curral Municipal. 
 
O responsável pelo animal tem o prazo máximo de sete dias para resgatá-lo, mediante pagamento de multa e das taxas devidas. Não sendo retirado o animal no prazo estabelecido, o Município poderá efetuar a venda ou a doação a uma instituição de pesquisa.
 
Em decorrência da apreensão dos animais, é imposta uma multa que pode variar de R$ 85,71 a R$ 821,56, sendo que o valor é acrescido em dobro em caso de reincidência.
 
Atualmente, para abrigar o animal, a Prefeitura impõe uma taxa de R$160,02 por semana. Somente após esses pagamentos, o animal pode ser retirado mediante assinatura de termo de devolução.

VEJA TAMBÉM:

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »