25/08/2021 às 13h16min - Atualizada em 25/08/2021 às 13h16min

Câmara Municipal aprova título de Cidadão Honorário ao presidente Jair Bolsonaro

Projeto foi votado em sessão extraordinária e gerou polêmica entre os vereadores nesta quarta (25)

SÍLVIO AZEVEDO
Projeto não estava na pauta e foi bastante discutido e criticado por parlamentares I Foto: Aline Rezende/CMU
Os vereadores de Uberlândia aprovaram nesta quarta-feira (25) uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) com o Título de Cidadão Honorário do Município durante sessão extraordinária.
 
O projeto não estava na pauta e foi bastante discutido e criticado por parlamentares, pois na pauta da sessão constavam apenas duas propostas de decreto legislativo que concedem o título de Cidadão Honorário para o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Duarte Guimarães, e de Honra ao Mérito para a própria instituição bancária.
 
Ainda no início da sessão, o vereador Cristiano Caporezzo (Patriota) apresentou um projeto de decreto legislativo concedendo ao presidente Bolsonaro o título de Cidadão Honorário. Houve uma série de questionamentos por parte de alguns parlamentares, pois a matéria não estava na pauta.
 
Após exposição de argumentos, o presidente da Casa, Sérgio do Bom Preço (PP), respaldado pelo artigo 181 do Regimento Interno da Casa, colocou a apreciação do projeto em votação, que teve como resultados, 16 votos favoráveis, sete contrários e três ausências.


Com isso, o projeto foi levado ao plenário e o debate continuou, desta vez questionando a concessão ou não da honraria, que foi aprovada por 14 votos favoráveis, oito contrários e quatro ausências. O que se viu foi uma série de ataques entre os parlamentares, explicitando a polarização da política, que é refletida nos debates fora das casas legislativas.
 
A entrega do Título de Cidadão Honorário a Bolsonaro também será realizada na cerimônia de inauguração do Complexo ETA Capim Branco "Deputado Luiz Humberto Carneiro", dia 31 de agosto, na qual a presença do presidente é esperada.
 
Essa será a segunda homenagem que Bolsonaro receberá pelo Legislativo Municipal. O presidente também receberá a Comenda Augusto César, considerada a maior honraria dada pelo município a um cidadão e a indicação foi, também, do vereador Caporezzo.
 
CRÍTICAS
No decorrer da sessão, a convocação para a Extraordinária foi muito criticada por alguns parlamentares, pois questionaram a urgência para dar honrarias. A justificativa para a realização é que as honrarias deverão ser entregues durante a inauguração do Complexo ETA Capim Branco "Deputado Luiz Humberto Carneiro", que também contará com a presença do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.
 
CAIXA
A primeira honraria a ser votada foi o título de Cidadão Honorário a Pedro Duarte Guimarães. Houve muita discussão sobre a atuação do mesmo junto à Caixa Econômica Federal, alguns parabenizando, outros criticando, porém, o pedido foi aprovado, em discussão única.
 
Em seguida, foi a vez da homenagem à Caixa Econômico Federal, proposta também aprovada. Todos os três projetos foram deliberados, aprovados nas comissões pertinentes e votados em discussão única.

VEJA TAMBÉM:
 


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »