01/07/2021 às 10h28min - Atualizada em 01/07/2021 às 10h28min

Pedidos de seguro-desemprego no Sine Uberlândia aumentam 79% em maio

Comparação é feita com o mês de janeiro deste ano; elevação é influenciada por demissões ocasionadas por fechamento do comércio

LORENA BARBOSA
O mês de maio deste ano teve o maior número de pedidos de seguro-desemprego registrados no Sistema Nacional de Empregos (SINE) de Uberlândia se analisados os primeiros cinco meses do ano. Foram solicitados 2.124 benefícios. Os dados divulgados pelo órgão mostram que o aumento foi de 79% se comparado a janeiro, quando 1.186 seguros foram solicitados. Os números tiveram um crescimento significativo ainda em abril, quando foram solicitados 1.852 seguros. Fevereiro e março apresentaram números bem menores, com 519 e 635 pedidos, respectivamente.

De acordo com Cristina Palhares, diretora de Formação Profissional e Geração de Emprego e Renda do SINE, o ápice pode ter sido influenciado pelo número de pessoas demitidas no mês de maio, que foi significativo. Ela explica ainda que as demissões aconteceram por causa do fechamento do comércio em Uberlândia, que começou em fevereiro e seguiu pelos meses de março e abril.

Em maio, o comércio já estava reabrindo, mas os empregadores estavam prejudicados por causa do abre e fecha. Inclusive, a inconstância vem desde o ano passado justamente por causa da pandemia, e desaguou em demissões no mês de maio deste ano.

Outro fato que pode ter gerado o aumento de pedidos no SINE é que a Unidade de Atendimento Integrado (UAI Documentos), que também oferece o serviço, estava fechada nos meses de abril e maio também por causa da pandemia.

Josislene Godoi Santos da Costa, de 30 anos, foi demitida em abril. Em maio, recebeu a primeira parcela do seguro desemprego. Desempregada, ela vai pegar ao todo cinco parcelas no valor de R$ 1.100,00. A intenção da trabalhadora é voltar em breve ao mercado formal. Enquanto isso não acontece, o valor do seguro tem ajudado nas despesas de casa.

Apesar da necessidade de recolocação no mercado de trabalho, Josislene teme que a volta seja complicada devido à quantidade de postos de trabalho que foram fechados durante a crise gerada pela covid-19, já que vivenciou essa realidade na empresa em que trabalhava, que precisou reduzir o quadro de funcionários.

O seguro desemprego também é requerido de forma online. De acordo com os dados do SINE, desde fevereiro, quando a plataforma foi implantada, até junho, foram atendidos 12.105 pedidos de entrada no seguro desemprego. A plataforma online pode ser acessada através do Portal da Prefeitura.

VAGAS E CAPACITAÇÃO
Segundo Cristina Palhares, o SINE Uberlândia oferta de 800 a 1040 vagas por dia. A unidade tem buscado contato direto com os empregadores para a divulgação dos postos de trabalho. As oportunidades de emprego oferecidas pela unidade são na área de serviços, comércio e indústrias.

Ainda segundo Palhares, para as vagas, é preciso que as pessoas sejam qualificadas, e que elas tenham experiência. Hoje, existe muita dificuldade de encontrar o profissional adequado. “Aqui na Diretoria de Formação Profissional, além de encaminhar para o mercado de trabalho, nós também qualificamos [os candidatos] com cursos profissionalizantes. Temos buscado estar bem atentos ao que o mercado busca para trazer a qualificação”, disse a diretora.



O SINE tem diversos cursos nas áreas de gestão empresarial, automotiva, beleza, gastronomia, moda e também na área de tecnologia. As pessoas interessadas devem procurar os Centros Profissionalizantes, que ficam nos bairros Lagoinha, Planalto, Campo Alegre, Luizote, Morumbi e também na Estação da Juventude, que fica no bairro Tibery. Os interessados nos cursos devem procurar um dos centros, que funcionam de 12h às 18h. Os candidatos devem estar com o CPF, RG e comprovante de endereço em mãos.

A diretora da unidade acredita que o mercado continua aquecido, pela quantidade de vagas ofertadas, que é um número significativo. Para segunda-feira (28), estão disponíveis 910 vagas. “Existem sim as oportunidades de trabalho, mas, para isso, o trabalhador precisa estar se qualificando, agora com a pandemia o profissional vai ter que se atualizar e se reinventar. Eu acho que a palavra adequada é reinventar mesmo e buscar alternativas não só para conseguir uma nova oportunidade de trabalho, mas também para a permanência”, disse Cristina Palhares.

O SINE Uberlândia fica na rua São Francisco de Assis, 1.070, no bairro Lagoinha. Os atendimentos presenciais acontecem de segunda a sexta, de 8h até às 17h.


VEJA TAMBÉM:
 

 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »