18/06/2021 às 08h00min - Atualizada em 18/06/2021 às 08h00min

Disputa em Dubai vai definir se paratletas de Uberlândia irão aos Jogos

Lara Lima e Mateus Assis precisam se manter entre os oito primeiros colocados no ranking em suas categorias

DA REDAÇÃO
Lara Lima ocupa a sexta colocação na categoria “Até 41 kg” I Foto: Comunicação/Futel
Os paratletas do Clube Desportivo para Deficientes de Uberlândia (CDDU) – associação parceira da Fundação Uberlandense do Turismo, Esporte e Lazer (Futel) – Lara Lima e Mateus Assis seguem em busca de vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, competição prevista para acontecer entre os dias 24 de agosto e 5 de setembro.

Para isso, eles precisam se manter entre os oito primeiros colocados no ranking paralímpico de halterofilismo em suas categorias. Atualmente, Lara ocupa a sexta colocação na categoria “Até 41 kg” e Mateus está em oitavo lugar na categoria “Até 107 kg”.

O ranking pode ter mudanças nos próximos dias, já que a última competição a validar índices para os Jogos Paralímpicos será disputada entre 19 e 26 de junho, em Dubai, nos Emirados Árabes. O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), no entanto, não levará paratletas brasileiros para a disputa.

“Estamos na torcida para que os índices alcançados por Lara e Mateus não sejam superados em Dubai. Caso consigam se manter entre os oito primeiros colocados no ranking, ambos estarão automaticamente garantidos nas Paralimpíadas de Tóquio”, explicou o profissional de educação física da Futel, Weverton Santos, treinador da equipe CDDU/Futel e da seleção brasileira de halterofilismo paralímpico.

As provas na categoria de Lara serão neste sábado (19), enquanto as da categoria de Mateus acontecerão na próxima quarta-feira (23). “Após isso, saberemos se Lara e Mateus conseguiram as tão sonhadas vagas para os Jogos Paralímpicos de Tóquio”, ressaltou o treinador.

RESULTADOS RECENTES
No mês passado, Lara Lima e Mateus Assis se destacaram na Copa do Mundo de Halterofilismo da Geórgia. Lara conquistou duas medalhas, ao levantar 90 kg (uma de ouro na categoria “Até 41 kg – Júnior” e uma de bronze na categoria “Até 41 kg – Adulto”), enquanto Mateus obteve uma medalha de prata por “Equipe mista” e ficou em quarto lugar na categoria “Até 107 kg”, ao levantar 213 kg.



 
VEJA TAMBÉM:

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »