29/04/2021 às 11h53min - Atualizada em 29/04/2021 às 11h53min

Hospitais particulares de Uberlândia importam o “kit intubação”

Foram investidos R$ 730 mil na compra de 25 mil frascos do medicamento

DA REDAÇÃO
Medicamento é necessário para a intubação de pacientes | Foto: Agência Petrobras

Apesar da redução no número de casos e de mortes por coronavírus registrada em Uberlândia nos últimos dias, os hospitais da cidade ainda estão com demanda muito alta por internações, principalmente em leitos de UTI. No mês passado, instituições privadas de saúde estavam com dificuldades em adquirir os medicamentos necessários para a intubação de pacientes. O chamado “kit intubação”.
 

Por este motivo, os hospitais particulares Santa Genoveva, Santa Clara, UMC e Madrecor fizeram a importação do medicamento Rocurônio, que integra o "kit intubação", para suprir essa demanda. Os 25 mil frascos comprados chegaram em Uberlândia nesta quarta-feira (28) e foram distribuídos entre as cinco instituições. O investimento feito pelos hospitais foi de R$ 730 mil. "O medicamento, que teve um aumento expressivo em seu uso com a pandemia, está em falta em todo o mercado nacional, comprometendo o atendimento e aquisição", afirmou o médico José Humberto Afonso, presidente do Santa Genoveva Complexo Hospitalar.
 

O médico disse ainda que o medicamento também é utilizado em outros procedimentos que tenham a necessidade de aplicação da anestesia geral. "As cirurgias eletivas estavam suspensas desde o início de março para garantir assistência aos pacientes com Covid-19 e devem ser retomadas a partir de agora", explicou.
 

Ainda de acordo com o presidente do complexo hospitalar, a instituição realiza importações permanentes para o  atendimento de pacientes com câncer e, neste momento, pôde agilizar o processo com a habilitação alfandegária que já possuíam. "O medicamento ora importado é procedente da Índia, teve uma conexão no Peru e, agora, chegou em Uberlândia. O transporte é diferenciado, uma vez que necessita ser acondicionado em contêiner refrigerado à temperatura de 2ºC a 8ºC", finalizou o médico.
 

Com o recebimento do medicamento importado, o hospital Santa Genoveva informou que vai devolver os 200 frascos que tinham sido disponibilizados pela Prefeitura Municipal de Uberlândia. 

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »