29/01/2021 às 08h00min - Atualizada em 29/01/2021 às 08h00min

Com pandemia, cine drive-in se torna alternativa em Uberlândia

Formato é opção para acompanhar os lançamentos com o fechamento dos cinemas na cidade

IGOR MARTINS
Local funciona de terça a domingo na zona sul de Uberlândia | Foto: Divulgação

A pandemia da covid-19 afetou a programação cultural de todo o mundo. Com a necessidade do isolamento social para prevenir a proliferação do vírus, ambientes fechados e locais com grande aglomeração de pessoas, como museus, teatros e casas noturnas deixaram de funcionar. Os cinemas também não fogem à regra, mas um “novo velho” formato tem conquistado cada vez mais a população de Uberlândia, o “Drive-In”.
 
Famoso nas décadas de 60 e 70 em países como os Estados Unidos, o “Cinema Drive-In” é uma opção para assistir a filmes de dentro do carro, sem a necessidade de contato com outras pessoas, o que é aconselhável no momento, de acordo com as principais organizações mundiais de saúde.
 
No fim do ano passado, alguns locais promoveram a ideia, que foi bem aceita por parte do público. Uberlândia, agora, passa a ter um local fixo com esse formato, independente da retomada ou não dos cinemas da cidade. É o que aponta Brunna Martins Costa, responsável pelo departamento de marketing da rede “Cinemais”.
 
“Nós ficamos muitos anos longe do mercado de Uberlândia, mas temos tido uma adesão bem bacana por parte da população. Quando trouxemos a maior estreia do ano, que foi ‘Mulher-Maravilha: 1984’, foi um grande sucesso. O pessoal procura o drive-in sabendo que tem estreias, e não apenas filmes repetidos. É uma forma de entretenimento alternativo na pandemia e é totalmente seguro, porque você assiste aos filmes de dentro do carro”, explicou.
 
Localizado na zona sul de Uberlândia, o drive-in do Cinemais funciona de terça a domingo. De acordo com a responsável, a rede trabalha juntamente com as distribuidoras de filmes para oferecer estreias de peso nos próximos meses. No início de janeiro, o Diário trouxe uma matéria com os longas mais aguardados de 2021. A lista inclui produções como “Viúva Negra”, “Space Jam 2”, “Matrix 4” e “Um Lugar Silencioso 2”.
 
“Nós pretendemos continuar com o drive-in, é um investimento fixo que vai ficar por mais tempo. Nós acreditamos que esse formato vai ser uma tendência, a população ainda está com muito receio de voltar às salas de cinema. Nós queremos também trabalhar com outros eventos neste formato, com shows, lives e até mesmo eventos corporativos”, detalhou Brunna Costa.
 
NOVAS EXPERIÊNCIAS
O uberlandense John Fernandes é apaixonado por filmes. Com o fechamento dos cinemas em Uberlândia, o consultor de modas precisou recorrer a outros meios para seguir acompanhando grandes produções do mundo cinematográfico. Em conversa com a reportagem, ele disse que seu consumo de plataformas de streaming aumentou consideravelmente desde então.
 
“Tenho visto muitos filmes na Netflix, Amazon, Disney+ e Telecine+. São plataformas que trazem acesso a filmes de uma forma rápida. O lado positivo do streaming é que você assiste de casa e recentemente grandes diretores e atores têm aparecido mais por lá para lançarem seus filmes. Com isso, a gente sempre tem novidades para assistir”, disse.
 
Antes da pandemia, John nunca tinha ido a um cinema drive-in. Como o formato se tornou a única opção presencial de um cinema, o cinéfilo de 27 anos foi a um desses eventos realizados em Uberlândia e gostou muito da experiência. No último mês, ele assistiu a “Mulher-Maravilha: 1984”.
 
“Eu achei fantástico. Nunca tinha ido em um cinema drive-in e gostei bastante. Eu gosto muito de filmes de super-heróis e tive que dar um jeito de ir. Eu, particularmente, ainda prefiro o cinema presencial, a imersão e a qualidade é maior, mas até lá, é uma boa alternativa para quem gosta de filmes assim como eu”, explicou o consultor de moda.



VEJA TAMBÉM:

Mãe de Alexandre Pires é destaque no The Voice+


'Valentina' fatura prêmio em festival de cinema da Índia

 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »