22/01/2021 às 17h03min - Atualizada em 22/01/2021 às 17h03min

Uberlândia registra mais 457 casos e ultrapassa 52 mil contaminados pelo coronavírus

SMS contabilizou dois óbitos causados pelo vírus nesta sexta (22); ocupação de leitos destinados à Covid-19 na rede municipal é de 83%

DA REDAÇÃO
Com mais 457 casos do coronavírus confirmados em Uberlândia, a cidade chegou ao total de 52.180 contaminados pelo vírus desde o primeiro registro. É isso o que aponta o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta sexta-feira (22).

De acordo com o informe, foram contabilizadas duas mortes pela doença nas últimas 24 horas. Com a atualização dos dados, Uberlândia tem agora 782 vítimas fatais da Covid-19. Dentre as vítimas de hoje, havia uma idosa de 74 anos, internada na rede particular de saúde, além de um paciente de 92, que estava na rede municipal de saúde.


O boletim desta sexta também aponta que outros 76 casos suspeitos seguem sob investigação pelas autoridades de saúde. Ao todo, 165.246 pessoas já testaram negativo para o vírus na cidade e 42.363 pacientes se recuperaram da doença.
 
Ainda segundo a SMS, 240 pacientes estão hospitalizados com sintomas do coronavírus na rede pública e privada da cidade. Destes, 116 estão internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e 124 em leitos de enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos destinados à Covid-19 na rede municipal é de 83%.
 
MG E BR
Em Minas Gerais, o número de óbitos subiu para 14.010, conforme consta no boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG) desta sexta. Em relação à quantidade de pessoas contaminadas, o estado tem 677.809 registros. Ainda conforme o boletim estadual, 62.818 casos estão em acompanhamento e 600.981 pessoas já se recuperaram da doença.
 
Até quinta, o Brasil contabilizava 214.147 mortes causadas pelo coronavírus. O número de casos confirmados subiu para 8.697.741. Os dados desta sexta não haviam sido divulgados até a publicação desta matéria.



VEJA TAMBÉM:

Mesmo com vacina, cuidados contra a Covid-19 devem continuar


 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »