14/01/2021 às 10h15min - Atualizada em 14/01/2021 às 10h15min

IFTM abre seleção para mais de 3 mil vagas

Instituição oferece oportunidades para cursos técnicos e de graduação; forma de seleção sofreu alterações em virtude da pandemia de Covid-19

IGOR MARTINS
Inscrições seguem até 21 de janeiro; taxa vai de R$ 30 a R$ 50 | Foto: Arquivo Diário

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Triângulo Mineiro (IFTM) está com inscrições abertas, até 21 de janeiro, para o processo seletivo de 2021, com expectativa de ingresso ainda no primeiro semestre do ano. A Instituição oferece vagas para cursos técnicos de nível médio e cursos de graduação.

Os interessados devem se inscrever pela internet no site da instituição. Para os cursos técnicos de nível médio, a IFTM oferece 1.709 vagas nas modalidades “Integrado” ou “Concomitante”, distribuídas entre os nove campi e um polo da IFTM. A taxa de inscrição neste edital é de R$ 30.

Já o processo seletivo de cursos de graduação disponibiliza 880 vagas, contemplando os campi da instituição, com exceção do IFTM Campina Verde, que oferece somente cursos técnicos de nível médio. As inscrições para este processo custam R$ 50.

A IFTM oferece ainda vagas na modalidade de Educação à Distância (EaD) por meio do Sistema de Universidade Aberta (UAB). São oferecidas 560 vagas para as seguintes licenciaturas: Computação, Matemática e Letras/Português, distribuídas entre os catorze polos da instituição. O valor das inscrições é de R$ 50.
 
MUDANÇAS
Em entrevista ao Diário, a coordenadora do processo seletivo, Melissa Fernanda Resende Martinez, explicou que a forma de seleção em 2021 sofreu alterações em virtude da pandemia de Covid-19. No caso do edital dos cursos técnicos, a avaliação dos candidatos será feita por meio da análise de histórico escolar, com a média das notas do 8º ano do ensino fundamental nas disciplinas de português, matemática, história, geografia e ciências.

A seleção nos cursos de graduação também sofreu modificações: ao invés de se levar em conta a nota obtida pelos candidatos no Sistema de Seleção Unificada (SISU) do ano imediatamente anterior ao processo seletivo, em 2021 a ordem de classificação será por meio das notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) dos últimos três anos. Caso o candidato não disponha de tais notas, podem participar da seleção somente se já forem portadores de diploma de curso nível superior.

“Tivemos que alterar a avaliação levando em consideração o adiamento do Enem. Com relação aos cursos técnicos, não tivemos como fazer as provas como eram de costume, então por isso optamos pela análise do histórico. Nós temos a expectativa de haver vagas remanescentes em nossos cursos, e por isso podemos até mesmo ampliar os anos englobados nas notas do Enem para provavelmente de 2012 a 2019”, explicou Melissa.

Ainda segundo ela, a expectativa da instituição é de que o ano de 2021 seja ainda mais proveitoso dentro da universidade. “Tivemos imprevistos e precisamos fazer várias adaptações no nosso sistema de ensino e de matrículas. Temos a expectativa de preencher todas as vagas oferecidas, mesmo que tenhamos que fazer editais complementares”, disse a coordenadora.

Com relação à realização das aulas neste semestre, a assessoria do IFTM confirmou à produção do Diário que a expectativa é que haja uma flexibilização de acordo com cada situação, para atender às necessidades dos alunos e amenizar a situação causada pelo momento pandêmico. O edital completo pode ser acessado no site do IFTM.



VEJA TAMBÉM:

Hemocentro de Uberlândia opera com estoque mínimo


 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »